Your browser doesn't support javascript.
loading
Avaliação da Qualidade de Vida e Prevalência de Sintomas Depressivos em Pacientes Oncológicos Submetidos à Radioterapia / Assessment of Quality of Life and Prevalence of Depressive Symptoms in Oncologic Patients submitted to Radiotherapy / Evaluación de la Calidad de Vida y Prevalencia de Síntomas Depresivos en Radioterapia en Pacientes Oncológicos
Pereira, Antonio Augusto Claudio; Passarin, Nayara de Paula; Coimbra, Jordana Henriques; Pacheco, Gabriela Grasso; Rangel, Marcel Pereira.
Afiliação
  • Pereira, Antonio Augusto Claudio; Centro Universitário de Maringá (UniCesumar). Maringá (PR). BR
  • Passarin, Nayara de Paula; Centro Universitário de Maringá (UniCesumar). Maringá (PR). BR
  • Coimbra, Jordana Henriques; Centro Universitário de Maringá (UniCesumar). Maringá (PR). BR
  • Pacheco, Gabriela Grasso; Centro Universitário de Maringá (UniCesumar). Maringá (PR). BR
  • Rangel, Marcel Pereira; Universidade Estadual de Maringá (UEM). Centro Universitário de Maringá (UniCesumar). Maringá (PR). BR
Rev. bras. cancerol ; 66(1)20200129.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1094999
Biblioteca responsável: BR440.1
Localização: BR440.1
RESUMO

Introdução:

A qualidade de vida de pacientes oncológicos tem sido objeto de estudo em muitos trabalhos brasileiros. Contudo, apesar da alta prevalência de indivíduos submetidos à radioterapia, poucos estudos com ênfase nesse grupo de pacientes foram identificados.

Objetivo:

Avaliar a qualidade de vida e a prevalência de sintomas depressivos em pacientes com neoplasias malignas durante o tratamento radioterápico.

Método:

Estudo transversal quantitativo realizado com 153 pacientes oncológicos em vigência de tratamento radioterápico em um centro especializado em oncologia e radioterapia, localizado no Noroeste do Estado do Paraná. Os dados foram coletados entre março e setembro de 2018. O European Organization for Research and Treatment of Cancer Quality of Life Questionnaire (EORTC QLQ-C30) e o Inventário de Depressão de Beck foram utilizados para avaliar a qualidade de vida e os sintomas depressivos, respectivamente.

Resultados:

Os domínios "qualidade de vida", "função cognitiva" e "função social" foram os que menos se mostraram prejudicados na amostra estudada, enquanto "insônia", "perda de apetite" e "dificuldades financeiras" destacaram-se entre os maiores preditores de baixa qualidade de vida. Ademais, contatou-se que 22% dos indivíduos avaliados apresentaram algum grau de transtorno de humor, sendo 11% diagnosticados com depressão.

Conclusão:

O declínio na qualidade de vida e a prevalência de sintomas depressivos em pacientes oncológicos, mesmo os em vigência de radioterapia, enaltecem a importância de intervenções precoces que visem a restabelecer a funcionalidade e o bem-estar.
ABSTRACT

Introduction:

The quality of life of cancer patients has been studied in many Brazilian papers. However, despite the high prevalence of individuals undergoing radiotherapy, few studies with emphasis in this group of patients have been identified.

Objective:

To evaluate the quality of life and the prevalence of depressive symptoms in patients with malignant neoplasms undergoing radiotherapy treatment.

Method:

Quantitative cross-sectional study with 153 cancer patients undergoing radiotherapy treatment at an oncology and radiotherapy specialized center, located in the northwest of Paraná state. Data were collected between March and September 2018. The European Organization for Research and Treatment of Cancer Quality of Life Questionnaire (EORTC QLQ-C30) and the Beck Inventory were used to assess quality of life and depressive symptoms, respectively.

Results:

The domains "quality of life", "cognitive function" and "social function" were the least affected in the studied sample, while "insomnia", "loss of appetite" and "financial difficulties" stood out among the higher predictors of poor quality of life. In addition, it was found that 22% of the individuals evaluated had some degree of mood disorder, 11% being diagnosed with depression.

Conclusion:

The decline in quality of life and the prevalence of depressive symptoms in cancer patients, even those undergoing radiotherapy, emphasize the importance of early interventions aimed at restoring functionality and well-being.
RESUMEN

Introducción:

La calidad de vida de los pacientes con cáncer se ha estudiado en muchos estudios brasileños. Sin embargo, a pesar de la alta prevalencia de individuos sometidos a radioterapia, se han identificado pocos estudios con énfasis en este grupo de pacientes.

Objetivo:

Evaluar la calidad de vida y la prevalencia de síntomas depresivos en pacientes con neoplasias malignas sometidas a radioterapia.

Método:

Estudio transversal cuantitativo realizado con 153 pacientes con cáncer sometidos a tratamiento de radioterapia en un centro especializado en oncología y radioterapia, ubicado en el Noroeste del Estado de Paraná. Los datos se recopilaron entre marzo y septiembre de 2018. El European Organization for Research and Treatment of Cancer Quality of Life Questionnaire (EORTC QLQ-C30) y el Inventario Beck se utilizaron para evaluar la calidad de vida y los síntomas depresivos, respectivamente.

Resultados:

Los dominios "calidad de vida", "función cognitiva" y "función social" fueron los menos afectados en la muestra estudiada, mientras que el "insomnio", la "pérdida de apetito" y las "dificultades financieras" se destacaron entre los dominios. predictores más altos de mala calidad de vida. Además, se encontró que el 22% de los individuos evaluados tenían algún grado de trastorno del estado de ánimo, y el 11% fue diagnosticado con depresión.

Conclusión:

La disminución de la calidad de vida y la prevalencia de síntomas depresivos en pacientes con cáncer, incluso en aquellos que reciben radioterapia, enfatizan la importancia de las intervenciones tempranas destinadas a restaurar la funcionalidad y el bienestar.
Assuntos


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.4: Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Qualidade de Vida / Depressão / Neoplasias Tipo de estudo: Estudo diagnóstico / Estudo de prevalência / Fatores de risco / Estudo de rastreamento Aspecto: Preferência do paciente Limite: Adulto / Idoso / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. cancerol Assunto da revista: Neoplasias Ano de publicação: 2020 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Centro Universitário de Maringá (UniCesumar)/BR / Universidade Estadual de Maringá (UEM)/BR

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.4: Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Qualidade de Vida / Depressão / Neoplasias Tipo de estudo: Estudo diagnóstico / Estudo de prevalência / Fatores de risco / Estudo de rastreamento Aspecto: Preferência do paciente Limite: Adulto / Idoso / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. cancerol Assunto da revista: Neoplasias Ano de publicação: 2020 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Centro Universitário de Maringá (UniCesumar)/BR / Universidade Estadual de Maringá (UEM)/BR
...