Your browser doesn't support javascript.
loading
Rede Básica, campo de forças e micropolítica: implicações para a gestão e cuidado em saúde / Basic Healthcare Network, field of forces and micropolitics: implications for health management and care
Merhy, Emerson Elias; Feuerwerker, Laura Camargo Macruz; Santos, Mara Lisiane de Moraes; Bertussi, Debora Cristina; Baduy, Rossana Staevie.
Afiliação
  • Merhy, Emerson Elias; Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Rio de Janeiro. BR
  • Feuerwerker, Laura Camargo Macruz; Universidade de São Paulo (USP). São Paulo. BR
  • Santos, Mara Lisiane de Moraes; Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS). Campo Grande. BR
  • Bertussi, Debora Cristina; Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). São Caetano do Sul. BR
  • Baduy, Rossana Staevie; Universidade Federal de Londrina (UEL). Londrina. BR
Saúde debate ; 43(spe6): 70-83, 2019.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1127388
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
RESUMO A proposta deste ensaio é discutir a micropolítica da gestão e do cuidado em saúde na Rede Básica (RB). Inicia-se pelo que se entende por RB e depois por micropolítica - da gestão e do cuidado. Analisam-se as forças que estão operando no cotidiano da RB que se instauram nos atos relacionais, nos encontros, entre gestores e trabalhadores, entre trabalhadores, entre todos esses e os usuários, constituindo campos de força, que conformam modos de estar no encontro, agenciando processos de subjetivação. Destacam-se cinco forças-valores centrais para que sejam pensados o dentro e o fora do comum dos acontecimentos que ocorrem no dia a dia das práticas de cuidado em saúde a força-valor trabalho, a força-valor território, a força-valor governo de si e do outro, força-valor clínica-cuidado e a força-valor trabalho em equipe. A aposta em um modo de cuidar na RB centrado na produção de potências para o enfrentamento dos desafios do viver com sofrimento, com o adoecimento e seus desdobramentos em situações diversas e adversas deve contribuir para produção de existências possíveis e favoráveis aos melhores modos de andar a vida, com todos os seus desafios.
ABSTRACT
ABSTRACT The purpose of this paper is to discuss the micropolitics of health management and care in the Basic Healthcare Network (RB). It starts by what is understood by RB and then by micropolitics - of management and of care. We analyze the forces that are operating in the daily routine of the RB that are established in the relational acts, in the meetings, between managers and workers, among workers, among all these and the users, constituting fields of force, which shape ways of being in the meeting, managing processes of subjectivation. Five central value forces stand out so that the inside and the outside of everyday events of health care practices can be thought of labor force-value, territory force-value, government of self and government of the other force-value, clinical-care force-value and teamwork force-value. The bet on a way of caring in RB, centered on the production of potencies to face the challenges of living with suffering, with illness and its unfoldings in diverse and adverse situations should contribute to the production of possible and favorable existences to the best ways of walking life with all its challenges.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Saúde debate Assunto da revista: Saúde Pública / Serviços de Saúde Ano de publicação: 2019 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Londrina (UEL)/BR / Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS)/BR / Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)/BR / Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS)/BR / Universidade de São Paulo (USP)/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: LILACS Idioma: Português Revista: Saúde debate Assunto da revista: Saúde Pública / Serviços de Saúde Ano de publicação: 2019 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Londrina (UEL)/BR / Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS)/BR / Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)/BR / Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS)/BR / Universidade de São Paulo (USP)/BR
...