Your browser doesn't support javascript.
loading
Obtainment and characterization of digestive aspartic proteases from the fish Caranx hippos (Linnaeus, 1766) / Obtenção e caracterização de proteases aspárticas digestórias do peixe Caranx hippos (Linnaeus, 1766)
Silva, J. A. F.; Silva, M. K. S.; Silva, T. A.; Costa, L. D. A.; Leal, M. L. E.; Bezerra, R. S.; Costa, H. M. S.; Freitas-Júnior, A. C. V..
Afiliação
  • Silva, J. A. F.; Universidade Federal da Paraíba. Laboratório de Biomoléculas de Organismos Aquáticos. Departamento de Biologia Molecular. João Pessoa. BR
  • Silva, M. K. S.; Universidade Federal da Paraíba. Laboratório de Biomoléculas de Organismos Aquáticos. Departamento de Biologia Molecular. João Pessoa. BR
  • Silva, T. A.; Universidade Federal da Paraíba. Laboratório de Biomoléculas de Organismos Aquáticos. Departamento de Biologia Molecular. João Pessoa. BR
  • Costa, L. D. A.; Universidade Federal da Paraíba. Laboratório de Biomoléculas de Organismos Aquáticos. Departamento de Biologia Molecular. João Pessoa. BR
  • Leal, M. L. E.; Universidade Federal da Paraíba. Laboratório de Biomoléculas de Organismos Aquáticos. Departamento de Biologia Molecular. João Pessoa. BR
  • Bezerra, R. S.; Universidade Federal de Pernambuco. Centro de Biociências. Departamento de Bioquímica. Recife. BR
  • Costa, H. M. S.; Universidade Federal da Paraíba. Laboratório de Biomoléculas de Organismos Aquáticos. Departamento de Biologia Molecular. João Pessoa. BR
  • Freitas-Júnior, A. C. V.; Universidade Federal da Paraíba. Laboratório de Biomoléculas de Organismos Aquáticos. Departamento de Biologia Molecular. João Pessoa. BR
Braz. j. biol ; 82: e234500, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1153464
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
Abstract This work aimed to obtain aspartic proteases of industrial and biotechnological interest from the stomach of the crevalle jack fish (Caranx hippos). In order to do so, a crude extract (CE) of the stomach was obtained and subjected to a partial purification by salting-out, which resulted in the enzyme extract (EE) obtainment. EE proteases were characterized physicochemically and by means of zymogram. In addition, the effect of chemical agents on their activity was also assessed. By means of salting-out it was possible to obtain a purification of 1.6 times with a yield of 49.4%. Two acid proteases present in the EE were observed in zymogram. The optimum temperature and thermal stability for EE acidic proteases were 55 ºC and 45 °C, respectively. The optimum pH and pH stability found for these enzymes were pH 1.5 and 7.0, respectively. Total inhibition of EE acid proteolytic activity was observed in the presence of pepstatin A. dithiothreitol (DTT) and Ca2+ did not promote a significant effect on enzyme activity. In the presence of heavy metals, such as Al3+, Cd2+ and Hg2+, EE acidic proteases showed more than 70% of their enzymatic activity. The results show that it is possible to obtain, from the stomach of C. hippos, aspartic proteases with high proteolytic activity and characteristics that demonstrate potential for industrial and biotechnological applications.
RESUMO
Resumo Este trabalho objetivou obter proteases aspárticas de interesse industrial e biotecnológico a partir do estômago do peixe xaréu (Caranx hippos). Para isso, foi obtido um extrato bruto do estômago, o qual foi submetido a uma purificação parcial por salting-out onde se obteve o extrato enzimático (EE). As proteases do EE foram caracterizadas físico-quimicamente e através de zimograma. Além disso, o efeito de agentes químicos sobre sua atividade também foi avaliado. Através de salting-out foi possível obter uma purificação de 1,6 vezes com rendimento de 49,4%. Foram observadas duas proteases ácidas presentes no EE através de zimograma. A temperatura ótima e a estabilidade térmica para as proteases ácidas do EE foram de 55 ºC e 45 °C, respectivamente. O pH ótimo e a estabilidade ao pH encontrados para estas enzimas foram o pH 1,5 e 7,0, respectivamente. Observou-se a inibição total da atividade proteolítica ácida do EE na presença de pepstatina A. O ditiotreitol (DTT) e o Ca2+ não promoveram efeito significativo na atividade enzimática. Na presença de metais pesados, como Al3+, Cd2+ e Hg2+, o EE manteve mais de 70% de atividade enzimática do EE. Os resultados mostram que é possível obter, a partir do estômago de C. hippos, proteases aspárticas com alta atividade proteolítica e características que demonstram potencial para aplicações industriais e biotecnológicas.

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. j. biol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 2022 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal da Paraíba/BR / Universidade Federal de Pernambuco/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Idioma: Inglês Revista: Braz. j. biol Assunto da revista: Biologia Ano de publicação: 2022 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal da Paraíba/BR / Universidade Federal de Pernambuco/BR
...