Your browser doesn't support javascript.
loading
Estudo comparativo da qualidade do sono e insônia entre mulheres no climatério e com ciclo menstrual regular / Comparative study of sleep quality and insomnia among women in the climax and with regular menstrual cycle
Silva, Cibelle de Sousa e; Oliveira, Brena Costa de; Souza, Samara Martins de Oliveira; Silva, Hengrid Graciely Nascimento; Ykeda, Daisy Satomi.
Afiliação
  • Silva, Cibelle de Sousa e; Universidade Estadual do Piauí. Teresina. BR
  • Oliveira, Brena Costa de; Universidade Estadual do Piauí. Teresina. BR
  • Souza, Samara Martins de Oliveira; Universidade Federal do Maranhão. São Luís. BR
  • Silva, Hengrid Graciely Nascimento; Universidade Estadual do Piauí. Teresina. BR
  • Ykeda, Daisy Satomi; Universidade Estadual do Piauí. Teresina. BR
Rev. Pesqui. Fisioter ; 10(2): 163-171, Maio 2020. tab, ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1223531
Biblioteca responsável: BR333.2
RESUMO
Climatério é a passagem entre o período reprodutivo e não reprodutivo da mulher, caracterizado pelos fogachos e sudorese que geram alterações em sua qualidade de vida, podendo interferir no sono e nas atividades rotineiras.

OBJETIVO:

Avaliar a qualidade do sono e nível de insônia de mulheres no climatério e comparar com mulheres de ciclo menstrual regular.

MÉTODO:

A coleta de dados foi realizada de janeiro a abril de 2018. Foram coletados pessoais, data da última menstruação, uso de medicações, se pratica atividade física, uso de bebida alcoólica ou cigarro, além de dados antropométricos. Aplicou-se 3 questionários o Índice Menopausal de Kupperman (IMK), aplicado nas mulheres que estavam no climatério; Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI-BR) e o Índice de gravidade da insônia.

RESULTADOS:

A amostra foi constituída por 53 mulheres sendo 30 com ciclo menstrual regular e 23 no período do climatério. A média de idade foi de 45±9 anos, peso de 70±7 kg e altura de 158 ±4 cm. Observou-se que em relação à gravidade da sintomatologia climatérica, 61% das mulheres obtinham sintomas moderados e apresentavam qualidade do sono ruim onde apenas as mulheres no climatério foram avaliadas com presença de distúrbio do sono e 67% das mulheres que estavam no climatério obtinham insônia leve a moderada. Houve diferença significativa entre a qualidade do sono (p=0,001) e a gravidade da insônia (p=0,014) entre os grupos.

CONCLUSÕES:

Mulheres climatéricas possuem pior qualidade do sono e insônia leve a moderada em comparação com mulheres que menstruam regularmente.
ABSTRACT
Climacteric is the passage between the reproductive and non-reproductive period of women, characterized by hot flushes and sweating that generate changes in their quality of life, which may interfere with sleep and routine activities.

OBJECTIVE:

To evaluate the sleep quality and insomnia level of climacteric women and compare with women of regular menstrual cycle.

METHODS:

Data were collected from January to April 2018. Personal data, date of last menstruation, use of medication, physical activity, alcohol or cigarette use, and anthropometric data were collected. Three questionnaires were applied the Kupperman Menopausal Index (IMK), applied to women who were in the climacteric; Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI-BR) and Insomnia Severity Index.

RESULTS:

The sample consisted of 53 women, 30 with regular menstrual cycle and 23 during climacteric. The average age was 45 ± 9 years, weight 70 ± 7 kg and height 158 ± 4 cm. Regarding the severity of climacteric symptoms, 61% of women had moderate symptoms and had poor sleep quality where only women in the climacteric were evaluated with the presence of sleep disorder and 67% of women in the climacteric had insomnia. mild to moderate. There was a significant difference between sleep quality (p = 0.001) and insomnia severity (p = 0.014) between groups.

CONCLUSIONS:

Climacteric women have worse sleep quality and mild to moderate insomnia compared to women who regularly menstruate.
Assuntos


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Meta 3.5 Prevenção e tratamento do consumo de substâncias psicoativas Problema de saúde: Álcool Base de dados: LILACS Assunto principal: Mulheres Aspecto: Preferência do paciente Idioma: Inglês / Português Revista: Rev. Pesqui. Fisioter Assunto da revista: Farmacologia / Terapˆutica / Toxicologia Ano de publicação: 2020 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual do Piauí/BR / Universidade Federal do Maranhão/BR

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Meta 3.5 Prevenção e tratamento do consumo de substâncias psicoativas Problema de saúde: Álcool Base de dados: LILACS Assunto principal: Mulheres Aspecto: Preferência do paciente Idioma: Inglês / Português Revista: Rev. Pesqui. Fisioter Assunto da revista: Farmacologia / Terapˆutica / Toxicologia Ano de publicação: 2020 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual do Piauí/BR / Universidade Federal do Maranhão/BR
...