Your browser doesn't support javascript.
loading
High-intensity interval training poses no risk to hypertensive women / El entrenamiento de intervalos de alta intensidad no presenta riesgo para mujeres hipertensas / Treinamento intervalado de alta intensidade não apresenta risco para mulheres hipertensas
Vieira-Souza, Lucio Marques; Aidar, Felipe José; Mota, Márcio Getirana; Reis, Gracielle Costa; Lima Júnior, Cássio Murilo Almeida; Silva, Fábio José Antônio da; Jesus, Joseane Barbosa de; Azevedo, David Edson Ramos de; Marçal, Anderson Carlos; Santos, Jymmys Lopes dos.
Afiliação
  • Vieira-Souza, Lucio Marques; Universidade Federal de Sergipe. Postgraduate Program in Physical Education. São Cristóvão. BR
  • Aidar, Felipe José; Universidade Federal de Sergipe. Postgraduate Program in Physical Education. São Cristóvão. BR
  • Mota, Márcio Getirana; Universidade Federal de Sergipe. Postgraduate Program in Physical Education. São Cristóvão. BR
  • Reis, Gracielle Costa; Universidade Federal de Sergipe. Postgraduate Program in Physical Education. São Cristóvão. BR
  • Lima Júnior, Cássio Murilo Almeida; Health and Sport-NEPAFISE. Center for Studies and Research in Physical Activity. Passos. BR
  • Silva, Fábio José Antônio da; Health and Sport-NEPAFISE. Center for Studies and Research in Physical Activity. Passos. BR
  • Jesus, Joseane Barbosa de; Universidade Federal de Sergipe. Postgraduate Program in Physical Education. São Cristóvão. BR
  • Azevedo, David Edson Ramos de; Universidade Federal de Sergipe. Postgraduate Program in Physiological Sciences. São Cristóvão. BR
  • Marçal, Anderson Carlos; Universidade Federal de Sergipe. Postgraduate Program in Physical Education. São Cristóvão. BR
  • Santos, Jymmys Lopes dos; Universidade Federal de Sergipe. Postgraduate Program in Physical Education. São Cristóvão. BR
Rev. bras. med. esporte ; 29: e2021_0321, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1387964
Biblioteca responsável: BR1.1
ABSTRACT
ABSTRACT

Introduction:

The aim of this study was to evaluate whether a single session of high-intensity interval training (HIIT) would promote a hypotensive effect and cardiovascular risk in hypertensive women, in addition to increasing the bioavailability of nitric oxide.

Methods:

The sample consisted of 10 hypertensive women (63.7 ± 10.34 years; 66 ± 7.67 kg and 153.7 ± 9.08 cm) and the training load was established at 60% of the maximum aerobic speed.

Results:

We observed a very high hypotensive effect between the interaction moments during the intervention (Int. Pre 122.40 ± 18.58; Int. Post 143.00 ± 24.90; Int. Post 60min 121.40 ± 13.87; p<0.001, η2P = 0.569). No cardiovascular risk was observed during the intervention (DP = Int. Pre 9138.20 ± 1805.34; Int. Post 14849.70 ± 3387.94; Int. Post 60min 9615.90 ± 1124.41, p< 0.001, η2P = 0.739) and there was no increase in the bioavailability of nitric oxide.

Conclusion:

In conclusion, this work reveals that an HIIT session is capable of generating a hypotensive effect while not posing cardiovascular risk in hypertensive women. Level of evidence I; High-quality randomized clinical trial with or without statistically significant difference, but with narrow confidence intervals .
RESUMEN
RESUMEN

Introducción:

El objetivo de este estudio fue evaluar si una única sesión de entrenamiento de intervalos de alta intensidad (HIIT) podría promover un efecto hipotensor y riesgo cardiovascular en mujeres hipertensas, así como aumentar la biodisponibilidad del óxido nítrico.

Métodos:

La muestra fue compuesta por 10 mujeres hipertensas (63,7 ± 10,34 años; 66 ± 7,67 kg y 153,7 ± 9,08 cm) y la carga de entrenamiento se estableció en el 60% de la velocidad aeróbica máxima.

Resultados:

Se observó un efecto hipotensor muy elevado entre los momentos de interacción durante la intervención (Int. Pre 122,40 ± 18,58; Int. Post 143,00 ± 24,90; Int. Post 60 min 121,40 ± 13,87; p <0,001, η2P = 0,569). No se observó ningún riesgo cardiovascular durante la intervención (DP = Int. Pre 9138,20 ± 1805,34; Int. Post 14849,70 ± 3387,94; Int. Post 60 min 9615,90 ± 1124,41, p <0,001, η2P = 0,739) y no hubo aumento de la biodisponibilidad de óxido nítrico.

Conclusiones:

En conclusión, este trabajo revela que una sesión de HIIT es capaz de generar efecto hipotensor sin presentar riesgo cardiovascular en mujeres hipertensas. Nivel de evidencia I; Estudio clínico aleatorizado de alta calidad con o sin diferencia estadísticamente significativa, pero con intervalos de confianza estrechos.
RESUMO
RESUMO

Introdução:

O objetivo deste estudo foi avaliar se uma única sessão de treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) promoveria efeito hipotensor e risco cardiovascular em mulheres hipertensas, bem como aumentar a biodisponibilidade de óxido nítrico.

Métodos:

A amostra foi composta por 10 mulheres hipertensas (63,7 ± 10,34 anos; 66, ± 7,67 kg e 153,7 ± 9,08 cm) e a carga de treinamento foi estabelecida em 60% da velocidade aeróbica máxima.

Resultados:

Observamos um efeito hipotensor muito alto entre os momentos de interação durante a intervenção (Int. Pré 122,40 ± 18,58; Int. Pós 143,00 ± 24,90; Int. Pós 60 min. 121,40 ± 13,87; p < 0,001, η2P = 0,569). Nenhum risco cardiovascular foi observado durante a intervenção (DP = Int. Pré 9138,20 ± 1805,34; Int. Pós 14849,70 ± 3387,94; Int. Pós 60 min. 9615,90 ± 1124,41, p < 0,001, η2P = 0,739) e não houve aumento da biodisponibilidade de óxido nítrico.

Conclusões:

Em conclusão, este trabalho revela que uma sessão de HIIT é capaz de gerar efeito hipotensor sem apresentar risco cardiovascular em mulheres hipertensas. Nível de evidência I; Estudo clínico randomizado de alta qualidade com ou sem diferença estatisticamente significativa, mas com intervalos de confiança estreitos .


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Ensaio clínico controlado / Estudo de etiologia / Fatores de risco Idioma: Inglês Revista: Rev. bras. med. esporte Assunto da revista: Medicina Esportiva Ano de publicação: 2023 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Health and Sport-NEPAFISE/BR / Universidade Federal de Sergipe/BR

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Ensaio clínico controlado / Estudo de etiologia / Fatores de risco Idioma: Inglês Revista: Rev. bras. med. esporte Assunto da revista: Medicina Esportiva Ano de publicação: 2023 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Health and Sport-NEPAFISE/BR / Universidade Federal de Sergipe/BR
...