Your browser doesn't support javascript.
loading
"Homeopatia não é efeito placebo": comprovação das evidências científicas da homeopatia / "Homeopathy is not a placebo effect": proof of the scientific evidence for homeopathy
São Paulo; s. n; 2023. 223 p.
Monografia em Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: biblio-1451677
Biblioteca responsável: BR926.1
RESUMO
A homeopatia é uma prática médica reconhecida mundialmente há mais de dois séculos, desenvolvendo atividades de assistência, ensino e pesquisa em diversas instituições de saúde e faculdades de medicina. Emprega uma abordagem clínica baseada em princípios científicos heterodoxos e complementares (princípio da similitude terapêutica, experimentação patogenética homeopática, uso de doses dinamizadas e medicamentos individualizados), com o objetivo de despertar uma resposta curativa do organismo contra seus próprios distúrbios ou doenças. Baseando-se em premissas distintas das empregadas pela prática médica convencional, a homeopatia é muitas vezes alvo de críticas infundadas e generalizadas por parte de indivíduos que, sistematicamente, negam os pressupostos homeopáticos e quaisquer evidências científicas que os comprovem, em vista de uma postura pseudocética e pseudocientífica que impede uma análise correta e isenta de preconceitos. Para elucidar médicos, pesquisadores, profissionais de saúde e o público em geral, desmistificando posturas dogmáticas culturalmente arraigadas e as falácias pseudocéticas de que "não existem evidências científicas em homeopatia" e "homeopatia é efeito placebo", em 2017, a Câmara Técnica de Homeopatia do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CT-Homeopatia, Cremesp) elaborou o "Dossiê Especial Evidências Científicas em Homeopatia", disponibilizado em três edições independentes (online em português e inglês; impressa em português) na Revista de Homeopatia (São Paulo). Em 2023, o dossiê foi publicado em espanhol na revista La Homeopatía de México, em edição de livre acesso comemorativa do 90° aniversário do periódico. Englobando nove revisões narrativas sobre as diversas linhas da pesquisa em homeopatia, contendo centenas de artigos científicos que descrevem estudos experimentais e clínicos, o dossiê destacou o estado da arte da ciência homeopática. Comprovando e ampliando essas evidências científicas, o atual compêndio visa atualizar e esclarecer o conhecimento na área em treze capítulos. Além de elucidar, em detalhes, as premissas epistemológicas do modelo homeopático, a obra descreve, num continuum de informações, dados e referências bibliográficas, os diversos aspectos da pesquisa básica e clínica que endossam a prática e o tratamento homeopático. Discorrendo sobre temas diversos relacionados à pesquisa em homeopatia, o relatório aborda desde a "epidemiologia clínica homeopática" até as "estratégias pseudocéticas e pseudocientíficas usadas em ataques à homeopatia", passando por "fundamentação farmacológica do princípio da similitude", "estudos experimentais em modelos biológicos", "ensaios clínicos controlados randomizados", "revisões sistemáticas, metanálises e relatórios globais" e "estudos observacionais", dentre outros. Em vista de que se torna infrutífero e cansativo descrever a analisar todos os estudos e experimentos das diversas linhas de pesquisa, sugerimos e sistematizamos nos diversos capítulos, aos que queiram se aprofundar nas áreas de interesse, levantamentos bibliográficos da literatura existente através dos distintos bancos ou bases de dados. Como reiteramos ao longo da obra, apesar das dificuldades e limitações existentes no desenvolvimento de pesquisas em homeopatia, tanto pelos aspectos metodológicos quanto pela ausência de apoio institucional e financeiro, o conjunto de estudos experimentais e clínicos descritos é prova inconteste de que "existem evidências científicas em homeopatia" e "homeopatia não é efeito placebo", ao contrário do preconceito falsamente disseminado. No entanto, novos estudos devem continuar a ser desenvolvidos, para aprimorar a prática clínica e elucidar aspectos singulares ao paradigma homeopático. Atuando como terapêutica integrativa e complementar às demais especialidades, a homeopatia pode acrescentar eficácia, efetividade, eficiência e segurança à prática médica, atuando de forma curativa e preventiva, diminuindo as manifestações sintomáticas e a predisposição ao adoecer, com baixo custo e eventos adversos mínimos.
ABSTRACT
Homeopathy is a medical practice recognized worldwide for more than two centuries, developing assistance, teaching and research activities in several health institutions and medical schools. It employs a clinical approach based on heterodox and complementary scientific principles (principle of therapeutic similitude, homeopathic pathogenetic experimentation, use of dynamized doses and individualized medicines), with the aim of awakening a curative response of the organism against its own disorders or diseases. Based on assumptions that are different from those employed by conventional medical practice, homeopathy is often the target of unfounded and generalized criticism by individuals who systematically deny homeopathic assumptions and any scientific evidence that proves them, in view of a pseudosceptical and pseudoscientific stance that prevents a correct analysis free of prejudice. To elucidate doctors, researchers, health professionals and the general public, demystifying culturally rooted dogmatic positions and the pseudoskeptical fallacies that "there isn't scientific evidence for homeopathy" and "homeopathy is a placebo effect", in 2017, the Technical Chamber of Homeopathy of the Regional Council of Medicine of the State of São Paulo (CT-Homeopathy, Cremesp) prepared the "Special Dossier Scientific Evidence for Homeopathy", available in three independent editions (online in Portuguese and English; printed in Portuguese) in the Revista de Homeopatia ( São Paulo). In 2023, the dossier was published in Spanish in the journal La Homeopatía de México, in an open access edition commemorating the journal's 90th anniversary. Encompassing nine narrative reviews on the various lines of research in homeopathy, containing hundreds of scientific articles describing experimental and clinical studies, the dossier highlighted the state of the art of homeopathic science. Proving and expanding this scientific evidence, the current compendium aims to update and clarify knowledge in the area in thirteen chapters. In addition to elucidating, in details, the epistemological premises of the homeopathic model, the work describes the various aspects of basic and clinical research that endorse homeopathic practice and treatment, in a continuum of information, data and bibliographical references. Discussing various topics related to research in homeopathy, the report covers everything from "homeopathic clinical epidemiology" to "pseudosceptic and pseudoscientific strategies used in attacks on homeopathy", passing through "pharmacological foundations of the principle of similarity", "experimental studies in biological models", "randomized controlled trials", "systematic reviews, meta-analyses and global reports" and "observational studies", among others. In view of the fact that it becomes fruitless and tiring to describe and analyze all the studies and experiments of the different lines of research, we suggest and systematize in the chapters, to those who want to deepen in the areas of interest, bibliographical surveys of the existing literature through the different databases. As we reiterate throughout the work, despite the difficulties and limitations existing in the development of research in homeopathy, both due to methodological aspects and the lack of institutional and financial support, the set of experimental and clinical studies described is undisputed proof that "there is scientific evidence for homeopathy" and "homeopathy is not a placebo effect", contrary to falsely disseminated prejudice. However, new studies must continue to be developed to improve clinical practice and elucidate unique aspects of the homeopathic paradigm. Acting as an integrative and complementary therapy to other specialties, homeopathy can add efficacy, effectiveness, efficiency and safety to medical practice, acting in a curative and preventive way, reducing symptomatic manifestations and predisposition to illness, with low cost and minimal adverse events.
Licença
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Problema de saúde: Objetivo 7: Evidência e conhecimento em matéria de saúde Base de dados: HomeoIndex - Homeopatia Assunto principal: Prática Profissional / Efeito Placebo / Terapêutica Homeopática / Homeopatia Tipo de estudo: Ensaio clínico controlado / Estudo observacional Limite: Humanos Idioma: Português Ano de publicação: 2023 Tipo de documento: Monografia
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Problema de saúde: Objetivo 7: Evidência e conhecimento em matéria de saúde Base de dados: HomeoIndex - Homeopatia Assunto principal: Prática Profissional / Efeito Placebo / Terapêutica Homeopática / Homeopatia Tipo de estudo: Ensaio clínico controlado / Estudo observacional Limite: Humanos Idioma: Português Ano de publicação: 2023 Tipo de documento: Monografia
...