Your browser doesn't support javascript.
loading
Estratégias de enfrentamento no luto / Coping strategies in mourning
Gonçalves, Paulo Cesar; Bittar, Cléria Maria Lobo.
Afiliação
  • Gonçalves, Paulo Cesar; Universidade de Franca. BR
  • Bittar, Cléria Maria Lobo; Universidade de Franca. BR
Mudanças ; 24(1): 39-44, jan.-jun. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-835048
Biblioteca responsável: BR1297.1
RESUMO
Nossa sociedade atual tem estabelecido culturalmente mecanismos implícitos de negação da morte, tornando-a um tema interdito. Como consequência, o luto passou a ser um processo mais complexo e que em alguns casos desdobra-se, tornando-se um problema de saúde. Nestes casos o luto ganha o nome de “luto complicado”. Em sua atividade profissional, médicos, enfermeiros, psicólogos e outros trabalhadores da saúde, lidam diretamente com a morte e com pessoas em situação de luto, mas nem sempre se vêm adequadamente preparados para atuarem nesta situação, inclusive porque desconsideram importantes elementos que podem servir no apoio para o enfrentamento no luto. A presente pesquisa é um estudo descritivo, com abordagem quantiqualitativa, que teve como objetivo compreender dentro de um grupo de pessoas em situação de luto, quais os elementos que puderam ser considerados como elementos de apoio no enfrentamento da perda, e, portanto, elementos promotores de saúde no processo do luto. A amostra foi composta por 29 pessoas em situação de luto com idades entre 23 e 73 anos, de ambos os sexos, e que são usuários do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) do município de Franca-SP, que responderam a um questionário sobre os elementos de apoio no enfrentamento do luto. A família e a espiritualidade ganham destaque neste cenário e mostram-se fundamentais para evitar o luto complicado.
ABSTRACT
Our current society has established culturally implicit mechanisms of denial of the death, doing it a prohibited topic. As a consequence, the mourning has become a more complex process and that in some cases unfolds to become a health problem. In these cases the mourning is called “complicated mourning”. In his professional activity, physicians, nurses, psychologists and other health workers deal directly with death and grieving people, but do not always come properly prepared to act in this situation, even why it is not regarded important elements that can be used insupporting to the coping in mourning. This research is a descriptive study, with quantiqualitative approach, aimed to understand with in a group of people in a situation of mourning, which elements could be considered as elements of supporting in the face of loss, and therefore elements of health promoters in the mourning process. The sample of this research was composed of 29 people in a situation of mourning between the ages of 23 and 73 years, of both sexes, and that are users of CRAS (Center of reference of Social Assistance), in the municipality of Franca-SP, that answered to a questionnaire whose purpose was to know which elements of supporting were used for coping inmourning. The family and spirituality are highlighted in this scenario and are essential to avoid the complicated grief.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Apoio Social / Pesar Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Mudanças Assunto da revista: Psicologia / Psiquiatria Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de Franca/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Apoio Social / Pesar Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Mudanças Assunto da revista: Psicologia / Psiquiatria Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de Franca/BR
...