Your browser doesn't support javascript.
loading
Análise epidemiológica dos adenocarcinomas gástricos ressecados em um serviço de cirurgia oncológica / Epidemiological analysis of resected gastric adenocarcinomas in a oncologic surgery service
Laporte, Gustavo Andreazza; Weston, Antonio Carlos; Paludo, Artur de Oliveira; Castria, Tiago Biachi de; Kalil, Antonio Nocchi.
Afiliação
  • Laporte, Gustavo Andreazza; Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Porto Alegre. BR
  • Weston, Antonio Carlos; Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Porto Alegre. BR
  • Paludo, Artur de Oliveira; Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Porto Alegre. BR
  • Castria, Tiago Biachi de; s.af
  • Kalil, Antonio Nocchi; Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Porto Alegre. BR
Rev. AMRIGS ; 58(2): 121-125, abr.-jun. 2014. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-835396
Biblioteca responsável: BR18.1
RESUMO

Introdução:

O adenocarcinoma de estômago é a quarta neoplasia mais incidente no mundo e a segunda causa de morte relacionada ao câncer. O objetivo deste estudo é determinar o perfil epidemiológico e patológico dos pacientes intervidos cirurgicamente por adenocarcinoma gástrico e sua sobrevida relacionada à classificação TNM.

Métodos:

Estudo de coorte histórica de 216 pacientes submetidos à gastrectomia por adenocarcinoma gástrico. Foram analisados dados epidemiológicos, patológicos e a sobrevida.

Resultados:

A média de idade foi de 61,84 anos. Foram 76 (35,2%) pacientes do gênero feminino e 140 (64,8%), masculino. Quanto à localização, 79 (36,6%) no antro, 45 (20,8%) na cárdia, 70 (32,4%) no corpo. Em relação à diferenciação celular, 5 (2,3%) bem diferenciados, 71 (32,9%) moderadamente diferenciados, 133 (61,6%) pouco diferenciados e 7 (3,2%) eram indeterminados. O estadiamento clínico demonstrou 11 (5,1%) pacientes com estádio 0, com sobrevida de 100%; 23 (10,6%) no estádio I, com sobrevida de 82%; 55 pacientes (25,5%), com sobrevida de 60% no estádio II; 101 pacientes (46,7%), com sobrevida de 25% no estádio III e 26 pacientes (12%), com sobrevida de 15% no estádio IV. Em relação às complicações pós-operatórias, 52,3% dos pacientes não tiveram complicações e 7,9% (17 pacientes) com óbito no período pós-operatório.

Conclusões:

Aproximadamente 70% das neoplasias eram distais, enquanto cerca de 30% eram proximais. A grande parte dos pacientes era de estádios mais avançados, o que conferiu um pior prognóstico, refletindo a necessidade de uma revisão das políticas públicas para câncer gástrico do Brasil, visando aprimorar o diagnóstico e tratamento, melhorando o prognóstico desses pacientes.
ABSTRACT

Introduction:

The gastric adenocarcinoma is the fourth most frequent cancer worldwide and the second leading cause of cancer-related death. The aim of this study is to determine the epidemiological and pathological profile of gastric adenocarcinoma patients and their survival regarding the TNM classification.

Methods:

A historical cohort study of 216 patients undergoing gastrectomy for gastric adenocarcinoma. Epidemiological, pathological and survival data were analyzed.

Results:

The mean age was 61.84 years. There were 76 (35.2%) females and 140 (64.8%) males. Regarding location, 79 (36.6%) cases were in the antrum, 45 (20.8%) in the cardia, and 70 (32.4%) in the body. Regarding cell differentiation, 5 cases (2.3%) were well differentiated, 71 (32.9%) moderately differentiated, 133 (61.6%) poorly differentiated, and 7 (3.2%) were indeterminate. Clinical staging showed 11 (5.1%) patients with stage 0 with a survival rate of 100%, 23 (10.6%) in stage I with a survival rate of 82%, 55 patients (25.5%) in stage II with a survival rate of 60%,101 patients (46,7%) in stage III with a survival rate of 25% and 26 patients (12%) in stage IV with a survival rate of 15%. Regarding postoperative complications, 52.3% of the patients had no complications and 7.9% (17 patients) died in the postoperative period.

Conclusions:

Approximately 70% of tumors were distal, while approximately 30% were proximal. The majority of patients had more advanced stages, which conferred a worse prognosis, reflecting the need for a revision of public policies for gastric cancer in Brazil, aiming to improve the diagnosis and treatment and determining a better prognosis for these patients.
Assuntos

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Meta 3.4 - Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Tema em saúde: Doenças do Sistema Digestório / Neoplasia do Estômago Base de dados: LILACS Assunto principal: Estômago / Neoplasias Gástricas / Adenocarcinoma / Epidemiologia Analítica Tipo de estudo: Estudo observacional Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. AMRIGS Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre/BR / Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre/BR
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Meta 3.4 - Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Tema em saúde: Doenças do Sistema Digestório / Neoplasia do Estômago Base de dados: LILACS Assunto principal: Estômago / Neoplasias Gástricas / Adenocarcinoma / Epidemiologia Analítica Tipo de estudo: Estudo observacional Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. AMRIGS Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre/BR / Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre/BR
...