Your browser doesn't support javascript.
loading
Perfil epidemiológico das gestantes HIV positivas e de seus recém-nascidos em um hospital de referência no interior do Rio Grande do Sul no período de 2012-2013 / Epidemiological profile of HIV positive pregnant women and their newborns in a reference hospital in the interior of Rio Grande do Sul in the 2012-2013 period
Ziebell, Nágila Simon; Feil, Angélica Cristine; Renner, Fabiani Waechter.
Afiliação
  • Ziebell, Nágila Simon; Universidade de Santa Cruz do Sul. Santa Cruz do Sul. BR
  • Feil, Angélica Cristine; Universidade de Santa Cruz do Sul. Santa Cruz do Sul. BR
  • Renner, Fabiani Waechter; s.af
Rev. AMRIGS ; 61(1): 84-87, jan.-mar. 2017. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-849325
Biblioteca responsável: BR18.1
RESUMO

Introdução:

A transmissão vertical tem se tornado um desafio de saúde pública, uma vez que a incidência/prevalência do HIV tem aumentado entre as mulheres. O diagnóstico precoce, diretamente relacionado ao pré-natal, é de fundamental importância para a profilaxia e manejo adequado durante o trabalho de parto. Assim, busca-se analisar a eficácia do serviço prestado nessa unidade.

Metodologia:

Trata-se de um estudo exploratório descritivo com abordagem quantitativa retrospectiva. Utilizaram-se prontuários para o levantamento de dados sobre o perfil epidemiológico de gestantes HIV positivas e dos seus neonatos em um hospital de referência no período de 2012-2013.

Resultados:

A faixa etária variou de 15 a 44 anos, com média de 29 anos. A profissão mais frequente foi "do lar", sendo que 70% das pacientes tinham ensino fundamental incompleto e 75% eram solteiras. Quanto à paridade, a média foi de três gestações. O pré-natal variou de 1-14 consultas, com média de oito. A idade gestacional média foi de 38,5 semanas e a via de parto foi 100% cesárea. Quanto aos neonatos, a média de peso ao nascer foi de 2965g, o comprimento médio foi de 47,3cm e o APGAR no quinto minuto foi nove. A totalidade dos recém-nascidos recebeu quimioprofilaxia adequada nas primeiras horas de vida e fez-se uso exclusivo de fórmula infantil.

Conclusão:

O serviço de referência está qualificado, pois não houve alterações clínicas consideráveis com as pacientes soropositivas e com seus neonatos. Ademais, a totalidade deles teve quimioprofilaxia adequada em tempo hábil, consistindo em cuidados prudentes durante e após o nascimento (AU)
ABSTRACT

Introduction:

Vertical transmission has become a public health challenge, since HIV incidence/prevalence has increased among women. Early diagnosis, directly related to prenatal care, is of fundamental importance for prophylaxis and proper management during labor. Here we seek to analyze the effectiveness of the service provided in this unit.

Methods:

This is an exploratory descriptive study with a retrospective quantitative approach. Records were used to collect data on the epidemiological profile of HIV positive pregnant women and their newborns in a reference hospital in the 2012-2013 period.

Results:

Patient age ranged from 15 to 44 years, with a mean of 29 years. The most frequent profession was "homemaker", with 70% of the patients having incomplete elementary education and 75% being single. As for parity, the mean was three pregnancies. Prenatal care ranged from 1-14 visits, with an average of eight. The mean gestational age was 38.5 weeks and the delivery route was 100% cesarean section. As for neonates, the mean birth weight was 2965g, the mean length was 47.3 cm and the fifth-minute APGAR was nine. All newborns received adequate chemoprophylaxis in the first hours of life and infant formula only.

Conclusion:

The reference service is qualified, since there were no clinically significant changes in seropositive patients and their neonates. In addition, all of them had adequate chemoprophylaxis in a timely manner, consisting of prudent care during and after birth (AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Infecções por HIV / Transmissão Vertical de Doenças Infecciosas Tipo de estudo: Estudo de rastreamento Limite: Adolescente / Adulto / Feminino / Humanos / Masculino / Recém-Nascido / Gravidez País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. AMRIGS Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de Santa Cruz do Sul/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Infecções por HIV / Transmissão Vertical de Doenças Infecciosas Tipo de estudo: Estudo de rastreamento Limite: Adolescente / Adulto / Feminino / Humanos / Masculino / Recém-Nascido / Gravidez País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. AMRIGS Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade de Santa Cruz do Sul/BR
...