Your browser doesn't support javascript.
loading
Funcionalidade e incapacidade em pacientes comprometimento musculoesquelético / Functionality and disability of musculoskeletal disorder patients
Wendt, Ariane dos Santos; Chaves, Aline de Oliveira; Urtado, Christiano B; Macedo, Adriana R de; dos Reis, Felipe José J; Nogueira, Leandro A.
Afiliação
  • Wendt, Ariane dos Santos; Instituto Federal do Rio de Janeiro. IFRJ. Niterói. BR
  • Chaves, Aline de Oliveira; Instituto Federal do Rio de Janeiro. IFRJ. Niterói. BR
  • Urtado, Christiano B; Universidade Federal do Maranhão. UFMA. São Luís. BR
  • Macedo, Adriana R de; Instituto Federal do Rio de Janeiro. IFRJ. Niterói. BR
  • dos Reis, Felipe José J; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto Federal do Rio de Janeiro. UFRJ/IFRJ. Rio de Janeiro. BR
  • Nogueira, Leandro A; Instituto Federal do Rio de Janeiro. Centro Universitário Augusto Motta. IFRJ; UNISUAM. Rio de Janeiro. BR
Rev. bras. ciênc. mov ; 25(4): 15-22, out.- dez.2017. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-882437
Biblioteca responsável: BR1552.1
RESUMO
A intensidade da dor é considerada um dos fatores importantes na determinação da incapacidade em pacientes com dor musculoesquelética. O objetivo do presente estudo foi identificar as principais limitações das atividades e analisar o grau de incapacidade de pacientes com dores musculoesqueléticas. Foi realizado um estudo transversal com 160 pacientes com dores musculoesqueléticas encaminhados ao setor de fisioterapia do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, Rio de Janeiro. Os participantes preencheram questionários auto-aplicáveis para a identificação das características da dor e do nível de incapacidade por região anatômica no momento da avaliação fisioterapêutica. As atividades mais comprometidas foram permanecer sentado, elevar objetos, elevação do ombro acima da cabeça, carregar objetos pesados, correr, permanecer agachado, ler e dirigir, dependendo da região afetada. Houve discreta correlação entre o nível de incapacidade com a intensidade da dor (Rho=0,29; p<0,01) e a idade (Rho=0,21; p<0,02). O nível de incapacidade da coluna cervical, do ombro e da coluna lombar apresentaram correlação com a idade. A correlação entre incapacidade e idade foi alta para as regiões cervical, lombar e do ombro. Também houve correlação moderada entre intensidade da dor e incapacidade referente à região lombar. Em conclusão, foi observado que as atividades diárias comprometidas variam de acordo com a região corporal envolvida. O nível de incapacidade teve correlação com a idade e com a intensidade da dor. O grau de correlação variou com a região corporal acometida. O nível de incapacidade se correlacionou com a intensidade da dor lombar e com a idade nas regiões cervical,lombar e do omb...(AU)
ABSTRACT
Pain intensity is considered an important factor in determining disability in patients with musculoskeletal pain. The aim of this study was to identify the main limitations of activities and analyze the degree of disability of patients with musculoskeletal pain. A cross-sectional study was conducted with 160 patients with musculoskeletal pain referred to the physiotherapy department of the Gaffrée and Guinle University Hospital, Rio de Janeiro. Participants completed self-administered questionnaires to identify the characteristics of pain and level of disability by anatomical region at the time of physical therapy assessment. The most affected activities were remaining seated, lift objects, shoulder high above the head, carrying heavy objects, running, stay crouched, reading and driving, depending on the affected area. There was a slight correlation between the level of disability with the pain intensity (Rho = 0.29, p <0.01) and age (Rho = 0.21, p <0.02). The level of disability of the cervical spine, shoulder and lumbar spine was correlated with age. The correlation between disability and age was high for cervical, lumbar and shoulder. There was also a moderate correlation between pain intensity and disability related to the low back. In conclusion, it was observed that the impairment of the daily activities varies according to the body area involved. The level of disability was correlated with age and the pain intensity. The degree of correlation varied with the body part affected. The level of disability was correlated with the intensity of low back pain and with age in the cervical, lumbar and shoulder....(AU)
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Pacientes / Análise e Desempenho de Tarefas / Pessoas com Deficiência / Especialidade de Fisioterapia / Dor Musculoesquelética Tipo de estudo: Estudo observacional / Estudo de prevalência / Estudo prognóstico Limite: Adulto / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. bras. ciênc. mov Assunto da revista: Medicina Esportiva Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Federal do Rio de Janeiro/BR / Universidade Federal do Maranhão/BR / Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Pacientes / Análise e Desempenho de Tarefas / Pessoas com Deficiência / Especialidade de Fisioterapia / Dor Musculoesquelética Tipo de estudo: Estudo observacional / Estudo de prevalência / Estudo prognóstico Limite: Adulto / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. bras. ciênc. mov Assunto da revista: Medicina Esportiva Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Instituto Federal do Rio de Janeiro/BR / Universidade Federal do Maranhão/BR / Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR
...