Your browser doesn't support javascript.
Funções Executivas na Dislexia do Desenvolvimento: Revendo Evidências de Pesquisas / Executive Function in Developmental Dyslexia: Research Evidence Review
Rev. bras. educ. espec ; 23(3): 439-454, jul.-set. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-898072
Biblioteca responsável: BR31.1
RESUMO
RESUMO: o objetivo deste artigo é fazer uma revisão sistemática de literatura a fim de analisar produções científicas que abordam as funções executivas (FE) e a dislexia. O método consiste num levantamento de artigos publicados na Biblioteca Virtual em Saúde, no Portal de Periódicos da CAPES e na PUBMED. Foram selecionados 28 trabalhos, sendo 9 do PUBMED, 14 dos Periódicos da CAPES, 4 da BVS e um manualmente. Resultados indicaram que os estudos selecionados não avaliam as FE da mesma forma. Alguns avaliam as FE como um componente global, o qual demonstra pouca diferença comparando os disléxicos a leitores típicos, outros avaliam os componentes principais das FE, que são o Controle Inibitório, a Flexibilidade Cognitiva e a Memória de Trabalho (MT), e um terceiro grupo de estudos avalia a MT também em seus subcomponentes: MT visuoespacial, executivo central e MT verbal ou fonológica. É possível concluir que o estudo das FE em disléxicos está em pleno desenvolvimento. Nos últimos 5 anos, o interesse nesta temática aumentou, inclusive no Brasil, expresso pelo aumento no número de estudos publicados. Porém, ainda há muito que se conhecer, principalmente sobre o efeito de intervenções envolvendo as FE.
ABSTRACT
ABSTRACT: The objective of this article is to make a systematic review of literature in order to analyze scientific productions that deal with executive functions (EF) and dyslexia. The method consists on a selection of articles published in the Virtual Health Library (BVS), in the CAPES Periodicals and PUBMED. Were selected 28 papers, 9 from PUBMED, 14 from CAPES Periodicals, 4 from the BVS and one manually. Results indicated that the selected studies do not evaluate FE in the same way. Some evaluate EFs as a global component, which shows little difference comparing dyslexics to typical readers, others assess the main components of EFs, which are Inhibitory Control, Cognitive Flexibility, and Working Memory (WM), and a third group of studies evaluates WM also in its subcomponents: visuo-spatial WM, central executive and verbal or phonological WM. It is possible conclue that the study of EF in dyslexics is in full development. In the last 5 years, interest in this subject has increased, including in Brazil, expressed by the increase in the number of published studies, but there is still a lot to know, especially about the effect of interventions involving EF.

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Tipo de estudo: Overview / Revisão sistemática Idioma: Português Revista: Rev. bras. educ. espec Assunto da revista: Educação Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Centro Universitário FAE/BR