Your browser doesn't support javascript.
loading
Prevalência de escoliose em escolares do ensino fundamental público / Prevalence of scoliosis in public elementary school students
Ciaccia, Maria Célia Cunha; Castro, Julia Silvestre de; Rahal, Mariana Abduch; Penatti, Barbarah Silveira; Selegatto, Iara Borin; Giampietro, João Lucas Morette; Rullo, Vera Esteves Vagnozzi.
Afiliação
  • Ciaccia, Maria Célia Cunha; Centro Universitário Lusíada de Santos. São Paulo. BR
  • Castro, Julia Silvestre de; Centro Universitário Lusíada de Santos. São Paulo. BR
  • Rahal, Mariana Abduch; Centro Universitário Lusíada de Santos. São Paulo. BR
  • Penatti, Barbarah Silveira; Centro Universitário Lusíada de Santos. São Paulo. BR
  • Selegatto, Iara Borin; Centro Universitário Lusíada de Santos. São Paulo. BR
  • Giampietro, João Lucas Morette; Centro Universitário Lusíada de Santos. São Paulo. BR
  • Rullo, Vera Esteves Vagnozzi; Centro Universitário Lusíada de Santos. São Paulo. BR
Rev. paul. pediatr ; 35(2): 191-198, abr.-jun. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-902832
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
RESUMO

Objetivo:

Avaliar a prevalência de escoliose e os fatores de risco em alunos do ensino fundamental.

Métodos:

Estudo transversal realizado em 954 alunos em 2015. O instrumento envolvido foi um questionário sobre hábitos posturais, condições socioeconômicas e fatores demográficos. As medidas antropométricas, incluindo altura e peso, a inspeção visual da deformidade da coluna vertebral, o nivelamento dos ombros e o Teste de Adams foram obtidos. A amostra foi calculada na frequência esperada de 12,3%, erro aceitável de 2,0% e nível de confiança de 95,0%. Para comparar as proporções, o teste do qui-quadrado ou o teste exato de Fisher foram aplicados. A associação entre escoliose e fatores de risco foi avaliada por regressão logística, sendo significante p<0,05.

Resultados:

A prevalência de escoliose foi de 24,3%, superior em obesos e estudantes que adotavam posição sentada durante um longo período de tempo. Estudantes obesos mostraram risco 1,8 vez superior no Teste de Adams positivo quando comparados aos eutróficos/magros e risco 2,1 vezes superior comparados aos alunos com sobrepeso. A posição sentada para assistir à televisão aumenta a chance de Teste de Adams positivo em 38,0% quando comparada à posição deitada. A obesidade aumenta o risco de Teste de Adams positivo em 74,0 e 98,0% quando comparada, respectivamente, à magreza/eutrofia e ao sobrepeso.

Conclusões:

Houve elevada prevalência de escoliose em estudantes de escolas públicas do ensino fundamental em Santos. Os fatores que mais influenciaram esse desvio de coluna foram a obesidade e a posição adotada pelos alunos para assistir à televisão.
ABSTRACT
ABSTRACT

Objective:

To evaluate the prevalence of scoliosis and the risk factors in elementary school students.

Methods:

A cross-sectional study was carried out in 954 students in 2015. The instrument involved was a questionnaire on postural habits, socioeconomic conditions, and demographic factors. The anthropometric measurements, including height and weight, a visual inspection of the deformity of the vertebral column, the leveling of shoulders, and the Adam's test were obtained. The sample was calculated in the expected frequency of 12.3%, acceptable error rate of 2.0% and confidence level of 95.0%. To compare the proportions, the chi-square test or Fisher's exact test was applied. The association between scoliosis and risk factors was evaluated by logistic regression, being significant p <0.05.

Results:

The prevalence of scoliosis was 24.3%, higher in obese patients and students who adopted a sitting position for a long period of time. Obese students showed a 1.8 times higher chance of testing positive Adam's Forward Bend Test when compared to normal-weight/lean and 2.1 times higher chance compared to overweight students. The sitting position for watching television increases the chance of testing positive Adam's test in 38.0%, when compared to the lying position. Obesity increases the risk of testing positive Adam's test in 74.0 and 98.0%, when compared, respectively, to the underweight/normal weight and overweight.

Conclusions:

There was a high prevalence of scoliosis in students from public elementary schools in Santos. The most influential factors for this deviation of the spine were obesity and the position adopted by students to watch television.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Escoliose Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Limite: Criança / Humanos País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. paul. pediatr Assunto da revista: Pediatria Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Centro Universitário Lusíada de Santos/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Escoliose Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Limite: Criança / Humanos País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. paul. pediatr Assunto da revista: Pediatria Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Centro Universitário Lusíada de Santos/BR
...