Your browser doesn't support javascript.
loading
Aegypti: Ideología de género, feminismo y extinción / Aegypti: Ideologia de gênero, feminismo e extinção / Aegypti: Gender ideology, feminism and extinction
Amarillo, Claudia Rivera.
Afiliação
  • Amarillo, Claudia Rivera; Investigadora Independiente. Bogotá. CO
Sex., salud soc. (Rio J.) ; (27): 199-219, set.-dez. 2017.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-904039
Biblioteca responsável: BR433.1
RESUMEN
Resumen Este artículo plantea conexiones entre el objeto "ideología de género", la tecno-ciencia y las tecnologías de sexo y género en la reciente epidemia de Zika. Para ello considera las tácticas de lucha contra el Aedes aegypti, centrándose en los insectos modificados y tomando como ejemplos Colombia, Puerto Rico y Brasil. Se plantea una relación entre la bacteria Wolbachia y el feminismo a partir de la reflexión sobre su potencial para intervenir la sustancia misma de la vida deshaciendo, así, la diferencia sexual y feminizando el aegypti. De este modo, se establece un campo de sentido que articula las ciencias de la vida, el capitalismo, la epidemia de Zika, las zancudas y el objeto "ideología de género"; en este campo, las mujeres ocupan el lugar de eternas deudoras en una economía política de la promesa, el neurotropismo del zika amenaza futuros nacionales y economías en gestación, y la Wolbachia aparece como salvadora y destructora al mismo tiempo.
RESUMO
Resumo Este artigo estabelece conexões entre o objeto "ideologia de gênero", a tecnociência e as tecnologias de sexo e gênero na recente epidemia de Zika. Para isso considera as táticas de luta contra o Aedes aegypti, centrando-se nos insetos modificados e tomando como exemplos a Colômbia, Porto Rico e Brasil. Delineia-se uma relação entre a bactéria Wolbachia e o feminismo a partir da reflexão sobre seu potencial para intervir na substância mesma da vida, desfazendo, assim, a diferença sexual e feminizando o aegypti. Deste modo, estabelece-se um campo de sentido que articula as ciências da vida, o capitalismo, a epidemia de Zika, os pernilongos e o objeto "ideologia de gênero"; neste campo, as mulheres ocupam o lugar de eternas devedoras em uma economia política da promessa, o neurotropismo do zika ameaça futuros nacionais e economias em gestação, e a Wolbachia aparece como salvadora e destruidora ao mesmo tempo.
ABSTRACT
Abstract This article raises the connections between the object "gender ideology", techno-science and sex and gender technologies in the recent zika epidemic. In order to do so, it takes Colombia, Puerto Rico and Brazil as examples. In this way, it articulates the co-production of the links between feminism and extinction in the Wolbachia bacterium and its potential to intervene the very substance of life by undoing the sexual difference and feminizing the aegypti. Thus, a whole field for this meaning is established, that articulates the sciences of life, capitalism, zika, female mosquitoes and gender ideology, a field in which women occupy the place of eternal debtors in a political economy of promise. In this configuration, zika's neurotropism threatens the future of nations and emerging economies, and the Wolbachia appears as a savior and destroyer at the same time.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Feminismo / Aedes / Zika virus / Expressão de Gênero Limite: Animais País/Região como assunto: América do Sul / Colômbia Idioma: Espanhol Revista: Sex., salud soc. (Rio J.) Assunto da revista: Ciências do Comportamento / Medicina Reprodutiva / Saúde Pública Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Colômbia Instituição/País de afiliação: Investigadora Independiente/CO

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Feminismo / Aedes / Zika virus / Expressão de Gênero Limite: Animais País/Região como assunto: América do Sul / Colômbia Idioma: Espanhol Revista: Sex., salud soc. (Rio J.) Assunto da revista: Ciências do Comportamento / Medicina Reprodutiva / Saúde Pública Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Colômbia Instituição/País de afiliação: Investigadora Independiente/CO
...