Your browser doesn't support javascript.
loading
Caracterización, riesgos ocupacionales y percepción de salud de vendedores informales de lotería y chance / Characterization, occupational risks and perception of health of informal lottery vendors / Caracterização, riscos ocupacionais e percepção de saúde de vendedores informais de loteriaq
Peña Pita, Amalia Priscila; Sarmiento Mejía, Martha Cecilia; Castro Torres, Ana Teresa.
Afiliação
  • Peña Pita, Amalia Priscila; Universidad de los Llanos. Villavicencio. CO
  • Sarmiento Mejía, Martha Cecilia; Hospital Departamental de Villavicencio. Villavicencio. CO
  • Castro Torres, Ana Teresa; Universidad de los Llanos. Villavicencio. CO
Rev. cienc. cuidad ; 14(1): 60-78, 2017.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-906521
Biblioteca responsável: CO648.1
RESUMEN

Objetivo:

analizar las características sociodemográficas, percepción de la salud y riesgos ocupacionales de la población de vendedores informales de lotería y chance de Villavicencio y Yopal. Materiales y

Métodos:

estudio descriptivo, transversal y prospectivo. La muestra no aleatoria estuvo integrada por 249 vendedores informales. Las variables estudiadas fueron características sociodemográficas y económicas, afiliación al sistema general de salud, nivel de ingreso, responsabilidad en el hogar, propiedad de la vivienda, factores de riesgo ocupacionales y condiciones laborales. Como instrumento de recolección de información se utilizó la Encuesta del Ministerio de Salud para Trabajadores Informales.

Resultados:

la mayoría de vendedores de lotería y chance son mayores de 40 años, mujeres, casados o en unión libre. Se observó una baja afiliación a pensiones y riesgos laborales, y con ingresos inferiores a un salario mínimo legal mensual vigente en un 80%. Las condiciones de trabajo, sobre todo las ambientales y de seguridad, son precarias; aun así, la auto percepción de salud como mala o regular no supera el 50%.

Conclusión:

población muy vulnerable en cuanto a sus ingresos y condiciones futuras de ingreso para protección en la vejez.
ABSTRACT

Objective:

To analyze the socio-demographic characteristics, health perception and occupational risks of the population of street lottery retailers in Villavicencio and Yopal. Materials and

Methods:

Descriptive, cross-sectional, and prospective study. The non-aleatory sample was made by 249 informal vendors. The variables studied were socio-demographic and economic characteristics, affiliation to the general health system, level of income, home responsibility, homeownership, occupational risk factors and work conditions. As an instrument of data collection the Department of Health for Informal Workers Survey was used.

Results:

most of the lottery retailers are older than 40, women, married or cohabiting. A low affiliation to pension and occupational risks was observed, and with incomes lower than a monthly minimum wage valid in an 80%. The work conditions, most importantly the environment and security conditions, are precarious; nonetheless, the self-perception of health as bad or regular does not reach 50%.

Conclusion:

very vulnerable population regarding income and future conditions of income for old age protection.
RESUMO

Objetivo:

analisar as características sócio-demográficas, percepção da saúde e riscos ocupacionais da população de vendedores ambulantes de loteria nas cidades de Villavicencio e Yopal na Colômbia.

Materiais e Métodos:

estudo descritivo, transversal e prospectivo. A amostragem não aleatória esteve integrada por 249 vendedores informais. As variáveis estudadas foram características sóciodemográficas e económicas, afiliação à rede de saúde, nível de ingresso, responsabilidade no lar, casa própria ou não, fatores de risco ocupacionais e condições de trabalho. Como instrumento de recolecção de informação se utilizou a Pesquisa de Opinião do Ministério de Saúde para Trabalhadores Informais.

Resultados:

a maioria de vendedores de loteria são maiores de 40 anos, mulheres, casadas ou em união libre. Observou-se uma baixa afiliação a Fundo Social de Pensão e Riscos de Trabalho, e com ingressos inferiores a um salário mínimo legal mensal vigente num 80%. As condições de trabalho, sobre todo as ambientais e de seguridade, são precárias; ainda assim, a auto percepção de saúde como má ou regular não supera o 50%.

Conclusão:

população muito vulnerável em quanto a seus ingressos e condições futuras de ingresso para proteção na velhice
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: BDENF - Enfermagem / COLNAL / LILACS Assunto principal: Condições de Trabalho Idioma: Espanhol Revista: Rev. cienc. cuidad Assunto da revista: Enfermagem / SERVI€OS DE SAUDE Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Colômbia Instituição/País de afiliação: Hospital Departamental de Villavicencio/CO / Universidad de los Llanos/CO

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: BDENF - Enfermagem / COLNAL / LILACS Assunto principal: Condições de Trabalho Idioma: Espanhol Revista: Rev. cienc. cuidad Assunto da revista: Enfermagem / SERVI€OS DE SAUDE Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Colômbia Instituição/País de afiliação: Hospital Departamental de Villavicencio/CO / Universidad de los Llanos/CO
...