Your browser doesn't support javascript.
loading
Vivência dos familiares de prematuros internados em unidade de terapia intensiva neonatal / Experiences of families of premature children in a neonatal intensive therapy unit / Experiencia de los familiares de bebés prematuros hospitalizados en la unidad de cuidados intensivos neonatales
Lima, Vanessa Ferreira de; Mazza, Verônica de Azevedo; Mór, Laura Müller; Pinto, Magda Nanuck de Godoy Ribas.
Afiliação
  • Lima, Vanessa Ferreira de; Universidade Federal do Paraná - UFPR. BR
  • Mazza, Verônica de Azevedo; Universidade Federal do Paraná - UFPR. BR
  • Mór, Laura Müller; Universidade Federal do Paraná - UFPR. BR
  • Pinto, Magda Nanuck de Godoy Ribas; Universidade Federal do Paraná - UFPR. BR
REME rev. min. enferm ; 21: [1-8], 2017. ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-907988
Biblioteca responsável: BR21.1
RESUMO
O estudo teve como objetivo descrever a vivência dos familiares em relação ao internamento do prematuro em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Pesquisa exploratória, com abordagem qualitativa, realizada na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um hospital de ensino do estado do Paraná, de abril a junho de 2016, com 16 familiares de prematuros internados. Destes, 14 eram mães e dois eram pais. Foi realizada análise temática e utilizou-se o software Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires® para auxiliar na organização dos dados. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Setor de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Paraná sob o Parecer Consubstanciado 1.170.956, CAEE 47561215.8.0000.0102, e pelo Comitê de Ética em Pesquisa da instituição coparticipante, Parecer 1.359.92 e CAEE 47561215.8.3001.0096. O estudo procurou atender aos passos recomendados pelos critérios consolidados para relatar uma pesquisa qualitativa. Os dados expressaram que a família vivencia de forma velada o risco iminente da morte sem necessariamente poder expressar esse medo. Buscam forças em situações piores que a de seu filho, na dimensão espiritual ou mesmo em recursos que não sabem explicar a origem, sendo que essa vivência extrapola o cotidiano e a dimensão biológica do cuidado. Concluiu-se que é necessário mudar a filosofia dos profissionais e das instituições, na perspectiva do cuidado à família, para que este possa ultrapassar a dimensão biológica, com espaços de diálogo, e para que essa família deixe de ser apenas expectadora e faça parte do cuidado.
ABSTRACT
The objective of this study was to describe the experience of families of preterm neonates hospitalized in the Neonatal Intensive Care Unit. Exploratoryresearch with qualitative approach performed at the Neonatal Intensive Care Unit of a teaching hospital in the state of Paraná, from April to June2016, with 16 relatives of hospitalized premature infants. Among participants, 14 were mothers and two were fathers. A thematic analysis was carried out and the Interface Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires® was used to help organizethe data. The study was approved by the Research Ethics Committee of the Health Sciences Sector of the Federal University of Paraná under theOpinion 1,170,956, CAEE 47561215.8.0000.0102, and by the Research Ethics Committee of the partner institution under Opinion 1,359.92 and CAEE47561215.8.3001.0096. The study sought to follow the steps recommended by the Consolidated Criteria for Reporting Qualitative Research. The datashowed that families live with the imminent risk of death without necessarily expressing this fear. They seek strength in situations worse than their children, in the spiritual dimension or even in resources whose origin they do not know how to explain, and this experience goes beyond the daily life and the biological dimension of care. We concluded that it is necessary to change the philosophy of professionals and institutions, from the pointof view of caring for the family, so that this care may overcome the biological dimension, and open spaces for dialogue, so that the families may nolonger mere spectators but become part of the care.
RESUMEN
El presente estudio tuvo como objetivo describir la experiencia de familiares de bebés prematuros internados en la unidad de cuidados intensivos neonatales. Investigación exploratoria cualitativa realizada en la unidad de cuidados intensivos neonatales de un hospital escuela del estado de Paraná, de abril a junio de 2016, con 16 familiares – 14 madres y dos padres – de bebés prematuros internados. Se realizó el análisis temático yse utilizó el software Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et Questionnaires® para la organización de datos. El estudiofue aprobado por el Comité de Ética en Investigación del Sector de Ciencias de la Salud de la Universidad Federal de Paraná bajo el dictamenfundamentado 1.170.956, CAEE 47561215.8.00.00.0102 y por el Comité de Ética en Investigación de la institución coparticipante, dictamen 1.359.92,CAEE 47561215.8.3001.0096. El estudio siguió las etapas recomendadas por los criterios consolidados para la investigación cualitativa. Los datos expresaron que las familias viven de forma velada el riesgo inminente de muerte sin necesariamente poder expresar ese miedo. Buscan fuerzas ensituaciones peores que la de su hijo, en la dimensión espiritual o incluso en algo que desconocen y no saben explicar su origen; esta vivencia va másallá de lo cotidiano y de la dimensión biológica del cuidado. Se llegó a la conclusión que la filosofía de las instituciones y de los profesionales debe cambiar, dentro de la perspectiva de cuidar a las familias, para que el cuidado supere la dimensión biológica, con espacios de diálogo, con miras aque estas familias dejen de ser apenas espectadoras y formen parte del propio cuidado.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Recém-Nascido Prematuro / Família / Unidades de Terapia Intensiva Neonatal / Cuidado da Criança / Saúde Materno-Infantil / Enfermagem Neonatal Limite: Humanos / Recém-Nascido Idioma: Inglês / Português Revista: REME rev. min. enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Paraná - UFPR/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Recém-Nascido Prematuro / Família / Unidades de Terapia Intensiva Neonatal / Cuidado da Criança / Saúde Materno-Infantil / Enfermagem Neonatal Limite: Humanos / Recém-Nascido Idioma: Inglês / Português Revista: REME rev. min. enferm Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Paraná - UFPR/BR
...