Your browser doesn't support javascript.
loading
Políticas públicas e o usuário de crack em tratamento / Políticas públicas y el usuario de crack en tratamiento / Public policies and crack user in treatment
Almeida, Camila Souza; Luis, Margarita Antônia Villar.
Afiliação
  • Almeida, Camila Souza; s.af
  • Luis, Margarita Antônia Villar; s.af
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 7: 1-9, jul.-dez. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-908312
Biblioteca responsável: BR1259.1
RESUMO

Objetivos:

compreender se as políticas atuais estão em conformidade com as demandas e necessidades dos usuários de crack.

Método:

trata-se de um estudo qualitativo, de natureza explicativa. A pesquisa ocorreu em um CAPS ad II e a amostra foi de conveniência. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com a aplicação da análise de conteúdo.

Resultados:

O usuário de crack é um indivíduo com demandas de reinserção social, tratamento, angústias e desejos que não encontra na maioria das vezes local ou pessoa, seja ela um profissional da saúde ou família, que lhe acolha.

Conclusão:

as políticas públicas atuais sobre drogas têm avanços significativos, mas ainda não conseguem abranger todas as nuanças e complexidade do usuário de crack ou de outras drogas.
ABSTRACT

Objective:

to understand whether current policies are in accordance with the demands and needs of crack users.

Method:

This is aqualitative study of an explanatory nature. The research took place in a CAPS ad II and the sample of convenience. Semi-structure dinterviews were conducted with the application of content analysis.

Results:

The crack user is an individual with demands for social reintegration, treatment, anxieties and desires that do not find in most of the local times or person, whether a health professionalor family that welcome them.

Conclusion:

The current public policies on drugs have significant progress, but still can not cover allthe nuances and complexity of crack users or other drugs.
RESUMEN

Objetivo:

comprender si las políticas actuales están de acuerdo con las demandas y necesidades de los consumidores de crack.

Método:

Se trata de un estudio cualitativo de carácter explicativo. La investigación se llevó a cabo en un anuncio de CAPS II y lamuestra fue de conveniencia. Entrevistas semi-estructuradas se llevaron a cabo con la aplicación de análisis de contenido.

Resultados:

El usuario de crack es un individuo con exigencias de reinserción social, tratamiento, ansiedades y deseos que noencuentran en la mayoría de veces lugar o persona, ya sea un profesional de la salud o de la familia que les dan la bienvenida.

Conclusión:

Las políticas públicas actuales sobre drogas tienen avances significativos, pero todavía no pueden cubrir todos los matices y la complejidad de la grieta u otras drogas usuario.
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Política Pública / Enfermagem / Cocaína Crack Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês / Português Revista: Rev. enferm. Cent.-Oeste Min Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Política Pública / Enfermagem / Cocaína Crack Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês / Português Revista: Rev. enferm. Cent.-Oeste Min Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo
...