Your browser doesn't support javascript.
loading
Adolescência e sua relação com a cárie dentária, binge drinking, capital social e fatores associados / Adolescence and your relationship with tooth decay, binge drinking, social capital and associated factors
Belo Horizonte; s.n; 2017. 161 p. ilus.
Tese em Inglês, Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-908578
Biblioteca responsável: BR365.1
Localização: BR365.1; D047, O48a, 2017. T
RESUMO
O objetivo deste estudo foi investigar as relações entre binge drinking - consumo de 5 ou mais doses de bebidas alcoólicas em uma ocasião -, cárie dentária, capital social e condição socioeconômica entre os estudantes de 12 anos de escolas públicas e privadas da área urbana da cidade de Diamantina-MG. A coleta de dados ocorreu em duas etapas na primeira etapa foi realizado um censo envolvendo todos os 633 alunos de 12 anos de idade, matriculados nas 13 escolas. Na segunda etapa do estudo foi desenvolvido um estudo longitudinal de prevalência de período com os alunos que fizeram parte da primeira fase desta pesquisa. Na primeira etapa foram avaliados a prevalência da cárie dentária e sua associação com capital social e condições socioeconômicas, bem como, o consumo em ¿binge¿ por adolescentes e sua associação com o consumo de álcool por amigos, familiares, condições socioeconômicas e religiosidade. Na segunda etapa o objetivo foi investigar a associação entre capital social e a frequência de beber em "binge" entre adolescentes escolares. Os dados foram coletados por meio de exames clínicos e questionários autoaplicados. A frequência de consumo de álcool na vida e o binge drinking foram determinadas usando as Teste de Identificação de Desordens Devido ao Uso de Álcool (AUDIT-C). Para cárie dental foi adotado o Índice de dentes "cariados, perdidos e obturados" (CPO-D). O capital social foi medido pelo Questionário de Capital Social para Alunos Adolescentes (QCS-AE) desenvolvido e validado para os adolescentes escolares. Os indicadores socioeconômicos utilizados foram tipo de escola, renda familiar mensal, ABA-ABIPEME e escolaridade materna. Foram realizadas análise descritiva e bivariada e regressão binomial no estudo de prevalência de período. O nível de significância foi de 5%. Como principais resultados, observou-se que um total de 269 (45,7%) adolescentes tiveram pelo menos uma lesão cariada cavitada. A análise múltipla revelou que nem o gênero nem o capital social estiveram estatisticamente associados com a presença de lesões cavitadas (p > 0.05). Adolescentes que estudam em escolas públicas e com renda familiar inferior a 3 salários mínimos foram mais propensos a ter lesões cariosas cavitadas. Em relação ao consumo excessivo de álcool, a prevalência foi de 23,1%. A idade média de início do consumo de álcool foi de 10,8 anos. O binge drinking foi mais prevalente entre adolescentes cujo melhor amigo [RP = 4,72 (95% IC 2,78-8,03)] e irmão [RP = 1,46 (IC 95% 1,10-1,92)] consumiam álcool. A religiosidade [RP = 0,40 (IC 95% 0,27-0,62)] apareceu como um possível fator de proteção. No estudo longitudinal, adolescentes que relataram um aumento na coesão social na subescala comunidade/vizinhança foram 3,4 vezes mais propensos (95% IC 1,96-6,10) a consumir álcool excessivamente. Os achados desse estudo destacam os determinantes sociais do binge drinking e do comportamento de beber entre os adolescentes e a não associação entre o capital social e a cárie dentária. Além disso, os resultados fornecem novas evidências sobre o "lado negro" da coesão social na promoção do consumo excessivo de álcool entre os adolescentes.
ABSTRACT
The objetive of this study was to investigate the relationship between binge drinking - consumption of 5 or more doses of alcoholic beverages on one occasion - dental caries, social capital, and socioeconomic status among students of- 12-years-old of public and private schools in the urban area of the city of Diamantina-MG. Data collection took place in two stages in the first stage, a census was carried out involving all 633 12-year-old students enrolled in the 13 scholls. In the second phase of the study a longitudinal period prevalence study was developed with students who were part of the first phase of this research. The first stage evaluated the prevalence of dental caries and its association with social capital and socioeconomic conditions, as well as the consumtion of alcoholic beverages by adolescents and their association with alcohol consumption by friends, family members, socioeconomic condition and religiosity...
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar / ODS3 - Meta 3.5 - Prevenção e tratamento do consumo de substâncias psicoativas Tema em saúde: Meta 3.5 Prevenção e tratamento do consumo de substâncias psicoativas / Álcool Base de dados: BBO - Odontologia / LILACS Assunto principal: Cárie Dentária / Consumo Excessivo de Bebidas Alcoólicas Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adolescente / Criança / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês / Português Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Tese
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar / ODS3 - Meta 3.5 - Prevenção e tratamento do consumo de substâncias psicoativas Tema em saúde: Meta 3.5 Prevenção e tratamento do consumo de substâncias psicoativas / Álcool Base de dados: BBO - Odontologia / LILACS Assunto principal: Cárie Dentária / Consumo Excessivo de Bebidas Alcoólicas Tipo de estudo: Estudo de prevalência Limite: Adolescente / Criança / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Inglês / Português Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Tese
...