Your browser doesn't support javascript.
loading
Prevalência de aleitamento materno e fatores associados: uma revisão de literatura / Prevalence and factors associated with breastfeeding: a review of literature
Pivetta, Hedioneia Maria Foletto; Braz, Melissa Medeiros; Pozzebon, Nathália Mezadri; Freire, Ariane Bolla; Real, Amanda Albiero; Cocco, Vanessa Michelon; Sperandio, Fabiana Flores.
Afiliação
  • Pivetta, Hedioneia Maria Foletto; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Fisioterapia e Reabilitação. Rio Grande do Sul. BR
  • Braz, Melissa Medeiros; Universidade Federal de Santa Maria. Departamento de Fisioterapia e Reabilitação. Rio Grande do Sul. BR
  • Pozzebon, Nathália Mezadri; s.af
  • Freire, Ariane Bolla; s.af
  • Real, Amanda Albiero; UNIPAMPA. Rio Grande do Sul. BR
  • Cocco, Vanessa Michelon; UNIPAMPA. Rio Grande do Sul. BR
  • Sperandio, Fabiana Flores; Universidade do Estado de Santa Catarina. Rio Grande do Sul. BR
Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) ; 17(1): 95-101, jul.17,2018. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-910038
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO

Introdução:

apesar das inúmeras vantagens que o aleitamento materno (AM) produz, a sua manutenção exclusiva, até os seis meses de vida da criança merece atenção, pois pesquisas demonstram que esse índice encontra-se muito aquém do recomendado pelo Ministério da Saúde.

Objetivo:

investigar a prevalência do AM no Brasil, a partir da revisão de literatura em bibliotecas virtuais em saúde, e identificar os fatores associados ao desmame precoce.

Metodologia:

utilizaram-se as bases de dados eletrônicos SCIELO e LILACS. Os critérios de inclusão foram artigos publicados em revistas científicas, no período de 2010 a 2013. Utilizou-se a associação da palavra chave "aleitamento materno", com os seguintes descritores "fatores associados", "prevalência", "frequência", "duração".

Resultados:

selecionaram-se 17 artigos, dos 184 encontrados. Estudos demonstraram que fatores do meio, como o trabalho materno, fora de casa e o uso de chupetas, estão entre os mais relacionados ao desmame precoce do que os fatores maternos. Além disso, foi demonstrada a baixa prevalência do aleitamento materno exclusivo (AME) durante os seis primeiros meses de vida.

Conclusão:

tais achados acenam para a necessidade da promoção do aleitamento materno de modo interprofissional, assim como o estímulo à implementação de políticas públicas, de saúde, assistência e trabalho, para o incentivo à prática e à manutenção do AM
Assuntos

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BBO - Odontologia / LILACS Assunto principal: Desmame / Aleitamento Materno Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Limite: Feminino / Humanos / Lactente Idioma: Português Revista: Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) Assunto da revista: Biologia / Medicina Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: UNIPAMPA/BR / Universidade Federal de Santa Maria/BR / Universidade do Estado de Santa Catarina/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BBO - Odontologia / LILACS Assunto principal: Desmame / Aleitamento Materno Tipo de estudo: Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento Limite: Feminino / Humanos / Lactente Idioma: Português Revista: Rev. Ciênc. Méd. Biol. (Impr.) Assunto da revista: Biologia / Medicina Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: UNIPAMPA/BR / Universidade Federal de Santa Maria/BR / Universidade do Estado de Santa Catarina/BR
...