Your browser doesn't support javascript.
Acidentes fatais de bicicletas no Brasil ­ 2001 a 2010 / Lethal bicycle accidents in Brazil ­ 2001 to 2010 / Accidentes fatales de bicicletas en Brasil ­ 2001 de 2010
Rev. baiana saúde pública ; 41(4): https://doi.org/10.22278/2318-2660.2017.v41.n4.a2404, jul. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-910493
Biblioteca responsável: BR800.9
RESUMO
Nos últimos anos, o uso da bicicleta como veículo tem sido estimulado por permitir maior mobilidade e evitar o sedentarismo. Entretanto, uma grande preocupação é o impacto de acidentes de trânsito sobre os usuários desse veículo. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar a evolução da mortalidade desse tipo de acidente em uma série de 10 anos. Trata- -se de estudo quantitativo de dados secundários, que analisou todas as Declarações de Óbito causadas por acidentes de bicicleta ocorridos no Brasil entre 2001 e 2010. A análise descritiva foi determinada para todas as variáveis, e o cruzamento entre as variáveis sociodemográficas e a causa básica da morte foi realizado para encontrar uma associação estatística. Os resultados mostraram que, no período considerado, 14.381 mortes foram causadas por acidentes de bicicletas no Brasil, sendo mais frequente em homens, entre 25 e 59 anos, média de idade de 38,96 anos (DP = 18,757), brancos, solteiros e com 4-7 anos de educação. Concluiu-se que a mortalidade por esse tipo de acidente tem crescido, aumentando em torno de 45% em 10 anos.
ABSTRACT
In recent years, the use of bicycle as a vehicle has been stimulated for allowing greater mobility and avoiding sedentary lifestyle. However, a major concern is the impact of traffic accidents on the users of this vehicle. Thus, the objective of this study is to evaluate the evolution of the mortality of this type of accident in a series of 10 years. This is a secondary data quantitative study, which analyzed all the Death Declarations of deaths caused by bicycle accidents in Brazil between 2001 and 2010. The descriptive analysis was determined for all variables, and the cross-referencing between sociodemographic variables and cause death was performed to find a statistical association. The results showed that, in the period considered, 14,381 deaths were caused by bicycle accidents in Brazil, being more frequent in men, aged between 25 and 59 years, mean age of 38.96 years (SD = 18,757), white, single and with 4-7 years of education. It was possible to conclude that mortality by this type of accident has increased, increasing by 45% in 10 years.
RESUMEN
En los últimos años, el uso de la bicicleta como vehículo ha sido estimulado por permitir una mayor movilidad y evitar el sedentarismo. Sin embargo, una gran preocupación es el impacto de accidentes de tráfico sobre los usuarios de este vehículo. Así, el objetivo de este estudio es evaluar la evolución de la mortalidad de este tipo de accidentes en una serie de 10 años. Tratase de un estudio cuantitativo de datos secundarios, que analizó todas las Declaraciones de Óbito causadas por accidentes de bicicleta ocurridos en Brasil entre 2001 y 2010. El análisis descriptivo fue determinado para todas las variables, y el cruzamiento entre las variables sociodemográficas y la causa básica de la muerte fue realizado para encontrar una asociación estadística. Los resultados mostraron que, en el período considerado, 14.381 muertes fueron causadas por accidentes de bicicletas en Brasil, siendo más frecuente en hombres, entre 25 a 59 años, media de edad de 38,96 años (DP = 18,757), blancos, solteros y con 4-7 años de educación. Concluyóse que la mortalidad por este tipo de accidentes ha crecido, aumentando en torno del 45% en 10 años.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Ciclismo / Acidentes de Trânsito / Mortalidade / Causas Externas Aspecto clínico: Prognóstico País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. baiana saúde pública Assunto da revista: Saúde Pública Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz/BR / Universidade de Pernambuco/BR