Your browser doesn't support javascript.
loading
O papel da videolaparoscopia nas emergências ginecológicas e obstétricas / The role of videolaparoscopy in gynecological and obstetric emergencies
Hahn, Luísa; Eizerik, Débora Chedid; Piccinini, Vitória Lucietto; Crivelatti, Isabel; Bozzetti, Joana; Wosiack, Camila Zaffari; Steibel, João Alfredo Piffero; Gonçalves, Manoel Afonso Guimarães.
Afiliação
  • Hahn, Luísa; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
  • Eizerik, Débora Chedid; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
  • Piccinini, Vitória Lucietto; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
  • Crivelatti, Isabel; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
  • Bozzetti, Joana; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
  • Wosiack, Camila Zaffari; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
  • Steibel, João Alfredo Piffero; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
  • Gonçalves, Manoel Afonso Guimarães; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. BR
Acta méd. (Porto Alegre) ; 39(1): 199-212, 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-910652
Biblioteca responsável: BR1323.1
RESUMO

Introdução:

A videolaparoscopia (VLP) tem sido cada vez mais empregada na prática clínica uma vez que auxilia, tanto no diagnóstico, quanto no manejo de diversas condições ginecológicas. Essa revisão tem como objetivo esclarecer a importância da VLP nas principais emergências ginecológicas.

Métodos:

Foi realizada uma revisão da literatura no mês de maio de 2018 nos bancos de dados Pubmed, Medline e Portal Periódico Capes. Foram incluídos no estudo os artigos que abordavam o uso de VLP no manejo de emergências e foram excluídos os relatos de caso.

Resultados:

A VLP é importante na medida em que permite a visualização direta das condições que constituem emergências ginecológicas, contribuindo dessa forma para o seu diagnóstico definitivo e precoce. A abordagem VLP frequentemente está relacionada a uma menor morbidade nesses casos. Na torção ovariana a VLP é útil tanto para identificar a viabilidade do ovário acometido quanto para desfazer a torção. No abscesso tubo ovariano, entretanto, estudos indicam que não há superioridade da técnica laparoscópica em relação à laparotomia no manejo cirúrgico desses pacientes. Na rotura de cisto ovariano, a VLP é o método preferencial nas patologias benignas, enquanto a laparotomia é o método de escolha na suspeita de lesões malignas. Na gestação ectópica, a VLP pode ser empregada nos casos de instabilidade hemodinâmica, gravidez tubária rota e quando há ascensão dos títulos de ß-hCG nas dosagens séricas associada à massa de 5 cm.

Conclusão:

A combinação entre o conhecimento adequado das patologias ginecológicas, a correta indicação do método VLP e a habilidade do cirurgião são fatores determinantes no sucesso terapêutico desse método.
ABSTRACT

Introduction:

Video-laparoscopy (VLP) has been increasingly used in clinical practice since it assists in the diagnosis and management of various gynecological conditions. This review aims to clarify the importance of VLP in major gynecological emergencies.

Methods:

A literature review was performed in the month of May, 2018 in Pubmed, Medline and Capes Periodical Portal databases. The articles that addressed the use of VLP in emergency management were included in the study and the case reports were excluded.

Results:

VLP is important because it allows direct visualization of conditions that constitute gynecological emergencies, thus contributing to its definitive and early diagnosis. The VLP approach is often related to lower morbidity in these cases. In ovarian torsion the VLP is useful both to identify the viability of the affected ovary and to undo the torsion. In the ovarian tube abscess, however, studies indicate that there is no superiority of the laparoscopic technique in relation to laparotomy in the surgical management of these patients. In ruptured ovarian cyst, VLP is the preferred method in benign pathologies, while laparotomy is the method of choice in the suspicion of malignant lesions. In ectopic pregnancy, VLP may be used in cases of hemodynamic instability, tubal rupture, and when there is a rise in ß-hCG serum levelst associated with a 5 cm mass.

Conclusion:

The combination of adequate knowledge of the gynecological pathologies, the correct indication of VLP and the surgeon's ability are determining factors in the therapeutic success of this method. Keywords videolaparoscopy,
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Laparoscopia / Doenças dos Genitais Femininos Tipo de estudo: Estudo de rastreamento / Revisão sistemática Idioma: Português Revista: Acta méd. (Porto Alegre) Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Laparoscopia / Doenças dos Genitais Femininos Tipo de estudo: Estudo de rastreamento / Revisão sistemática Idioma: Português Revista: Acta méd. (Porto Alegre) Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/BR
...