Your browser doesn't support javascript.
loading
Aspectos socioeconômicos dos genitores de crianças com microcefalia relacionada ao Zika Vírus / Socioeconomic aspects of genitors of children with microcefalia related to Zika Virus
Gonçalves, Amanda Estrela; Tenório, Sibele Dayane Brazil; Ferraz, Priscila Correia da Silva.
Afiliação
  • Gonçalves, Amanda Estrela; Faculdade de Tecnologia e Ciências. Salvador. BR
  • Tenório, Sibele Dayane Brazil; Faculdade de Tecnologia e Ciências. Salvador. BR
  • Ferraz, Priscila Correia da Silva; Faculdade de Tecnologia e Ciências. Salvador. BR
Rev. Pesqui. Fisioter ; 8(2): 155-166, maio, 2018. tab, gaf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-912913
Biblioteca responsável: BR1337.9
RESUMO

INTRODUÇÃO:

A microcefalia é uma má formação cerebral que não tem cura e é caracterizada por um perímetro cefálico inferior ao esperado para idade e sexo. É relacionada ao Zika Vírus que é transmitido pelo mosquito Aedes e quando contraído nos primeiros meses gestacionais aumentam as chances do feto desenvolver a microcefalia, já que o desenvolvimento cerebral tem início na fase intra-uterina.

OBJETIVO:

Esta pesquisa tem como objetivo caracterizar o perfil socioeconômico dos responsáveis por criança com diagnóstico de microcefalia relacionado ao Zika vírus.

MÉTODOS:

Foram entrevistados 41 cuidadores principais das crianças com microcefalia em Salvador e Região Metropolitana de Salvador, através de um questionário contendo 30 perguntas fechadas que abordavam questões familiares, socioeconômicas e sanitárias.

RESULTADOS:

Observou-se que a maioria dos bebês tinha entre 15-18 meses e tiveram seu diagnóstico em sua maior parte no momento intrauterino. Houve uma frequência elevada de desemprego entre os pais, que relataram sobreviver com até 1 salário mínimo mensal, possuíam ensino médio completo, encontravam-se solteiros ou em união estável e um número significativo citaram condições sanitárias desfavoráveis e negaram usar repelente. De um modo geral, os principais cuidadores relataram que não possuíam residência própria e grande parte levavam as crianças para fazerem atendimentos multiprofissionais tanto em hospitais públicos como em instituições sem fins lucrativos.

CONCLUSÃO:

Há uma frequência predominante de genitores que dispõem de crianças com microcefalia relacionada ao Zika vírus em baixas condições socioeconômica, que consequentemente não conseguem suprir a maioria das necessidades que um lactente com má formação necessita. [AU]
ABSTRACT

INTRODUCTION:

Microcephaly is a poor cerebral formation that has no cure and is characterized by a cephalic perimeter lower than expected for age and sex. It is related to the Zika virus that is transmitted by the mosquito Aedes and when contracted in the first gestational months increase the chances of the fetus to develop microcephaly, since the cerebral development begins in the intrauterine phase.

OBJECTIVE:

This study aims to characterize the socioeconomic profile of those responsible for children with a diagnosis of microcephaly related to Zika virus.

METHODS:

We interviewed 41 primary caregivers of children with microcephaly in Salvador and Metropolitan Region of Salvador, through a questionnaire containing 30 closed questions that addressed family, socioeconomic and health issues.

RESULTS:

It was observed that most of the babies were between 15-18 months and had their diagnosis mostly intrauterine. There was a high frequency of unemployment among parents, who reported surviving up to 1 monthly minimum wage, had completed high school, were single or in a stable union and a significant number cited unfavorable health conditions and denied using repellent. Overall, the primary caregivers reported that they did not have their own residence, and most of them took the children to multiprofessional care in both public hospitals and non-profit institutions.

CONCLUSION:

There is a predominant frequency of parents who have children with Zika virus-related microcephaly in low socioeconomic conditions, who consequently fail to meet most of the needs that a malnourished infant needs. [AU]
Assuntos


Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Fatores Socioeconômicos / Família / Zika virus / Microcefalia Idioma: Inglês / Português Revista: Rev. Pesqui. Fisioter Assunto da revista: Farmacologia / Terapˆutica / Toxicologia Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Faculdade de Tecnologia e Ciências/BR

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Fatores Socioeconômicos / Família / Zika virus / Microcefalia Idioma: Inglês / Português Revista: Rev. Pesqui. Fisioter Assunto da revista: Farmacologia / Terapˆutica / Toxicologia Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Faculdade de Tecnologia e Ciências/BR
...