Your browser doesn't support javascript.
Ser mulher com cardiopatia e desenvolver lesão por pressão na internação hospitalar: sentido do temor / Being a woman with a heart disease and developing pressure ulcer as a hospital inpatient: sense of fear / Ser mujer con cardiopatía y desarrollar lesión por presión en la internación hospitalaria: sentido del temor
Rev. enferm. UERJ ; 25: [e14509], jan.-dez. 2017.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-916577
Biblioteca responsável: BR1366.1
Localização: BR1366.1
RESUMO

OBJETIVO:

revelar significados que a mulher hospitalizada por cardiopatia atribui ao vivido de desenvolver lesão por pressão.

MÉTODO:

estudo fenomenológico cujos depoimentos foram colhidos em 2012, por meio de entrevistas a oito mulheres internadas em hospital público em Fortaleza, Ceará, Brasil. Aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa sob nº 858/11. Para análise, adotou-se a compreensão, fundamentada no pensamento filosófico de Martin Heidegger.

RESULTADOS:

emergiram cinco unidades de significado: desconforto seja pela dor, realização e/ ou manutenção do curativo e imobilidade parcial no leito; medo de complicação na ferida; desamparo diante da permanência no hospital e desejo de retorno ao lar; (des) conhecimento da situação vivenciada e agradecimento pelo cuidado recebido. Das significações apreendidas, ressalta-se o temor, demonstrado como modo de ser do pavor, horror e terror.

CONCLUSÃO:

do estudo, emerge a reflexão dos enfermeiros em imprimir importância à manifestações existenciais dos seres de quem cuidam.
ABSTRACT

OBJECTIVE:

to reveal the meanings that the woman hospitalized for cardiopathy attributes to the experience of developing pressure ulcers.

METHOD:

a phenomenological study, for which declarations were collected in 2012 by interviews of eight women inpatients at a public hospital in Fortaleza, Ceará, Brazil. Approved by the research ethics committee (No. 858/11). The analysis rested on an understanding based on the philosophical thought of Martin Heidegger.

RESULTS:

five units of meaning emerged: discomfort from pain, dressing and/or maintenance, and partial immobility in bed; fear of wound complication; helplessness regarding the hospital stay and desire to return home; (lack of) knowledge of the situation being experienced; and gratitude for the care received. Prominent among the meanings apprehended were fear, shown as a mode of being in dread, horror and terror.

CONCLUSION:

from the study, the nurses' reflection emerges in emphasizing the existential manifestations of the beings they care for.
RESUMEN

OBJETIVO:

revelar significados que la mujer hospitalizada por cardiopatía atribuye a lo vivido al desarrollar lesión por presión.

MÉTODO:

estudio fenomenológico cuyos testimonios fueron recogidos en 2012, por medio de entrevistas a ocho mujeres internadas en un hospital público en Fortaleza, Ceará, Brasil. Aprobado por el Comité de Ética e Investigación bajo el nº 858/11. Para el análisis, se adoptó la comprensión, fundamentada en el pensamiento filosófico de Martin Heidegger.

RESULTADOS:

emergieron cinco unidades de significado: incomodidad por el dolor, realización y / o mantenimiento del parche e inmovilidad parcial en el lecho; miedo a complicaciones en la herida; desamparo ante la permanencia en el hospital y deseo de retorno al hogar; (des)conocimiento de la situación vivida y agradecimiento por el cuidado recibido. De las significaciones incautadas, se resalta el temor, demostrado como modo de ser del pavor, horror y terror.

CONCLUSIÓN:

del estudio emerge la reflexión de los enfermeros en el sentido de dar importancia a manifestaciones existenciales de los seres a quienes cuidan.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Doenças Cardiovasculares / Saúde da Mulher / Enfermagem / Lesão por Pressão / Cardiopatias / Hospitalização Limite: Idoso / Feminino / Humanos Idioma: Português Revista: Rev. enferm. UERJ Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2017 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Ceará/BR / Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR / Universidade do Estado do Ceará/BR