Your browser doesn't support javascript.
Viver e conviver com diabetes: dificuldades experienciadas no enfrentamento e manejo da doença / Living with diabetes: difficulties experienced in coping with, and managing, the disease / Vivir y convivir con la diabetes: dificultades vividas en el afrontamiento y control de la enfermedad
Rev. enferm. UERJ ; 26: e18221, jan.-dez. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem, LILACS | ID: biblio-948736
Biblioteca responsável: BR1366.1
Localização: BR1366.1
RESUMO

OBJETIVO:

apreender, na perspectiva de pessoas com diabetes tipo 2, como se dá a convivência com a doença.

MÉTODO:

estudo descritivo de natureza qualitativa em que foram realizadas 12 oficinas com a participação de 26 pessoas. Todos os encontros foram gravados, transcritos e após submetidos a análise de conteúdo.

RESULTADOS:

emergiram duas unidades temáticas: Diagnóstico ou sentença? Reconhecendo dificuldades ocultas no viver com diabetes, na qual percebeu-se que a doença, por vezes, é associada a sentimentos negativos, tais como o medo da morte, e; Vivenciando o controle da doença e a mudança de hábitos, que revela dificuldades envolvidas na convivência com a doença, especialmente, quanto a necessidade de mudanças alimentares.

CONCLUSÃO:

as dificuldades no conviver com o diabetes estão relacionadas à forma como o indivíduo percebe a doença em sua vida, ao seu enfrentamento e, de modo geral, prejudicam seu controle e prevenção de complicações.
ABSTRACT

OBJECTIVE:

to learn, from the perspective of a person with type 2 diabetes, what it is like to live with the disease.

METHOD:

in this descriptive, qualitative study, 12 focus groups were carried out, with 26 people participating. All meetings were recorded, transcribed and submitted to content analysis.

RESULTS:

two thematic units emerged: Diagnosis or sentence? Recognizing hidden difficulties in living with diabetes, in which it was perceived that the disease is sometimes associated with negative feelings, such as fear of death; and The experience of controlling the disease and changing habits, which reveals difficulties involved in living with the disease, especially as regards the need for changes in diet.

CONCLUSION:

the difficulties in living with diabetes relate to how individuals perceive the disease in their lives and to how they cope with it, and generally impair control of the disease and prevention of complications.
RESUMEN

OBJETIVO:

entender, en la perspectiva de personas con diabetes tipo 2, cómo viven con la enfermedad.

MÉTODO:

estudio cualitativo descriptivo, desarrollado en 12 talleres, con la participación de 26 personas. Se grabaron y transcribieron todas las reuniones y después se las sometió al análisis de contenido.

RESULTADOS:

dos unidades temáticas surgieron: ¿diagnóstico o sentencia? Reconociendo dificultades ocultas al vivir con diabetes, cuando se percibe que la enfermedad se asocia, a veces, a sentimientos negativos, como el miedo a la muerte, y; Experimentar el control de la enfermedad y el cambio de hábitos que revela dificultades involucradas en el vivir con la enfermedad, especialmente respecto a la necesidad de cambios en la dieta.

CONCLUSIÓN:

las dificultades en convivir con la diabetes están relacionadas con la forma cómo el individuo percibe la enfermedad en su vida, su enfrentamiento y, en general, perjudica su control y prevención de complicaciones.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Autocuidado / Atitude Frente a Saúde / Educação em Saúde / Diabetes Mellitus Limite: Adulto / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. enferm. UERJ Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo