Your browser doesn't support javascript.
loading
Avaliação da prática do autocuidado domiciliar em hanseníase / Evaluation of household self-care pratice in leprosy
Galan, Noêmi Garcia de Almeida; Beluci, Marli Luiz; Marciano, Lucia Helena Soares Camargo; Ruiz, Renata Billion Prado; Oliveira, Nagila Garcia Galan de; Banini, Ariane Gasparotto; Arakaki, Fabio Ribeiro; Guimarães, Gisele da Silva.
Afiliação
  • Galan, Noêmi Garcia de Almeida; Instituto Lauro de Souza Lima. Bauru. BR
  • Beluci, Marli Luiz; Universidade de São Paulo. Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais. Bauru. BR
  • Marciano, Lucia Helena Soares Camargo; Instituto Lauro de Souza Lima. Bauru. BR
  • Ruiz, Renata Billion Prado; Instituto Lauro de Souza Lima. Bauru. BR
  • Oliveira, Nagila Garcia Galan de; Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Faculdade de Medicina de Botucatu. Botucatu. BR
  • Banini, Ariane Gasparotto; Faculdades Integradas de Jaú. BR
  • Arakaki, Fabio Ribeiro; Faculdades Integradas de Jaú. BR
  • Guimarães, Gisele da Silva; Faculdades Integradas de Jaú. BR
Hansen. int ; 41(1/2): 37-45, 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLPROD, Sec. Est. Saúde SP, SESSP-ILSLACERVO, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-972894
Biblioteca responsável: BR191.1
RESUMO
O objetivo deste estudo foi verificar se indivíduos acometidos pela hanseníase realizavam adequadamente a prática do autocuidado e possíveis fatores interferentes. Trata-se de um estudo documental, observacional e descritivo de inquérito domiciliar. A amostra abrangeu todos os onze pacientes detectados durante um ano, em um município com 120.000 habitantes no interior do estado de SP. Foram coletados os dados clínicos e cuidados prescritos dos prontuários. A entrevista e a observação das práticas de autocuidado foram realizadas no domicílio. Foi solicitado aos participantes para identificarem os problemas decorrentes da doença, descreverem quais, como e quando faziam o autocuidado, o qual foi classificado como realizado adequadamente, parcialmente ou não realizado. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (Nº 06/2007). Dos cinco que apresentavam grau 2 de incapacidades, três realizavam parcialmente e dois não realizavam o autocuidado. Demonstraram dificuldades em aceitar o comprometimento físico e de incorporar as práticas diárias por fatores multicausal o mesmo aconteceu com aqueles com grau 1. A necessidade da manutenção do trabalho laboral, com exposição a traumas físicos e em período integral, pode levar a ocultação da doença, seja para si ou para a sociedade, e dificultar as ações de autocuidado, tanto pela falta de tempo quanto pela não aceitação da doença. O modelo paternalista, fragmentador e mecânico da assistência em saúde, sugere uma tendência à dependência dos serviços institucionais, desconstruindo a autonomia e a responsabilidade individual sobre seu estado de saúde, desmotivando as ações do autocuidado domiciliar.
ABSTRACT
This study aimed to determine whether individuals affected by leprosy properly performed self-carepractice and possible interfering factors. It is a documentary, observational and descriptive study of household survey.The sample covered all the eleven patients during one year, of a municipality with120.000 inhabitants in SP state. Clinical data and prescription care records were obtained from the medical forms. The interview and observation of self-care practices were held at home.The participants were asked to identify the problems resulting from the disease, describing which, how and when theydid the necessary self-care, being classified as held properly, partially or not performed. The study was approved by the Committee of Ethics in Research (Nº 06/2007). Of the five who presented level 2 disabilities, three partially performed; two did not perform self-care. They demonstrated difficulties in accepting the physical commitment and incorporate the daily practices for multiple causes factors, sodid those with level 1. The need for maintaining labor work, with full-time exposure to physical trauma, can lead to concealment of disease, either for themselves or for society, and hinder self-careactions, either by lack of time as for not accepting the disease.The paternalistic model, fragmenting andmechanical of health care, suggests a tendency by leading to rely on institutional services, deconstructing the autonomy and individual responsibility for their health status, discouraging self-careactions at home.
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados nacionais / Brasil Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar / Doenças Negligenciadas Tema em saúde: Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis / Hanseníase / Doenças Negligenciadas Base de dados: LILACS / Sec. Est. Saúde SP / SESSP-ILSLACERVO / SESSP-ILSLPROD Assunto principal: Autocuidado / Educação em Saúde / Hanseníase Tipo de estudo: Estudo de avaliação Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Hansen. int Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Faculdades Integradas de Jaú/BR / Instituto Lauro de Souza Lima/BR / Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”/BR / Universidade de São Paulo/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados nacionais / Brasil Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar / Doenças Negligenciadas Tema em saúde: Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis / Hanseníase / Doenças Negligenciadas Base de dados: LILACS / Sec. Est. Saúde SP / SESSP-ILSLACERVO / SESSP-ILSLPROD Assunto principal: Autocuidado / Educação em Saúde / Hanseníase Tipo de estudo: Estudo de avaliação Limite: Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Hansen. int Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Faculdades Integradas de Jaú/BR / Instituto Lauro de Souza Lima/BR / Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”/BR / Universidade de São Paulo/BR
...