Your browser doesn't support javascript.
loading
Onde dói? O sentido da dor para médicos e residentes / Where does it hurt? Pain meaning for physicians and residents / ¿Dónde duele? El sentido del dolor para médicos y residentes
Batista, Henrique Shody Hono; Ribeiro, Thiago Oliari; Freitas, Joanneliese de Lucas.
Afiliação
  • Batista, Henrique Shody Hono; Universidade Federal do Paraná. Curitiba. BR
  • Ribeiro, Thiago Oliari; Universidade Federal do Paraná. Curitiba. BR
  • Freitas, Joanneliese de Lucas; Universidade Federal do Paraná. Curitiba. BR
Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003) ; 70(2): 204-218, maio/ago. 2018.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-980708
Biblioteca responsável: BR1194.1
RESUMO
A avaliação da dor pode variar entre médicos e pacientes. Para compreender os sentidos que médicos atribuem à dor de seus pacientes, seis médicas foram entrevistadas e seus relatos submetidos a análise qualitativa, pelo método fenomenológico de Giorgi. Os resultados evidenciaram que a estrutura do sentido da dor se constitui centralmente pela ambiguidade, que atravessa não apenas o seu sentido conceitual, mas também a clínica e a intervenção. As análises indicam que as dificuldades enfrentadas pelos médicos na avaliação da dor são intensificadas pela falta de evidências objetivas e por seu caráter ambíguo e subjetivo, dependente do relato. Indicam também conflito entre a clínica e os paradigmas que sustentam explicações fisiológicas da dor. Conclui-se que o paradigma organicista é questionado pelo fenômeno doloroso que exige avaliação fundamentada em uma relação empática, na qual o critério avaliativo se sustente na confiança no relato do paciente e não apenas em dados

objetivos:

ABSTRACT
The pain evaluation may differ between physicians and patients. To understand the meanings doctors give to their patient's pain, we interviewed six physicians, and their reports were analyzed through Giorgi´s phenomenological qualitative method. The results revealed ambiguity as central to the pain meaning structure and it is present not only in its conceptual definition but also in its clinics and intervention. The analyses show that the absence of material evidence of pain and its ambiguous and subjective nature, subordinated to patient's reports, intensifies the difficulties faced by physicians in pain evaluation. The analyses also indicate a conflict between the paradigms that support physiological explanations of pain and its clinical manifestations. We conclude that the painful phenomenon defies the organicist paradigm and requires an empathetic evaluation, in which evaluative criteria must be the confidence in patient's reports not just in objective data
RESUMEN
La evaluación del dolor puede variar entre médicos y pacientes. Para comprender los sentidos que los médicos atribuyen al dolor de sus pacientes, seis médicas fueron entrevistadas y sus relatos sometidos al análisis cualitativo del método fenomenológico de Giorgi. Los resultados evidenciaron que la estructura del sentido del dolor se constituye centralmente por la ambigüedad, que atraviesa no sólo su concepto, sino también la clínica y la intervención. Los análisis indican que las dificultades enfrentadas en la evaluación del dolor son intensificadas por la falta de evidencias objetivas y por su carácter ambiguo y subjetivo, dependiente del relato. También indican conflicto entre la clínica y los paradigmas que sustentan explicaciones fisiológicas del dolor. Se concluye que el paradigma organicista es cuestionado por el fenómeno doloroso que exige evaluación fundamentada en una relación empática, donde el criterio de evaluación se sustenta en la confianza en el relato y no solo en datos

objetivos:

Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos / LILACS Assunto principal: Dor / Psicologia Médica / Medicina Idioma: Português Revista: Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Paraná/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos / LILACS Assunto principal: Dor / Psicologia Médica / Medicina Idioma: Português Revista: Arq. bras. psicol. (Rio J. 2003) Assunto da revista: Psicologia Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Paraná/BR