Your browser doesn't support javascript.
Qualidade do cuidado: Avaliação da disponibilidade de insumos, imunobiológicos e medicamentos na Atenção Básica em município de Minas Gerais, Brasil / Quality of care: Evaluation of the availability of inputs, immunobiologicals and drugs in Primary Care in a municipality of Minas Gerais, Brazil / Calidad del cuidado: Evaluación de la disponibilidad de insumos, inmunobiológicos y medicamentos en la Atención Básica en el municipio de Minas Gerais, Brasil
Rev. bras. med. fam. comunidade; 14(41): e1900, 02/2019. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-986718
Biblioteca responsável: BR408.1
Localização: BR408.1
RESUMO

OBJETIVO:

Avaliar a Atenção Básica quanto aos insumos, imunobiológicos e medicamentos disponibilizados nos serviços de saúde da família de município de Minas Gerais, Brasil.

MÉTODOS:

Trata-se de pesquisa transversal, analítica, conduzida em 2014, a partir de instrumento ministerial intitulado Autoavaliação para Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, de equipes de saúde da família. Oito itens foram considerados, com valores entre zero a 10 pontos, da total inadequação à total adequação da Unidade Básica de Saúde (UBS), ao item avaliado. Classificaram-se as unidades em padrões de qualidade "muito insatisfatório" a "muito satisfatório" e analisou-se conforme localização rural e urbana, nível de significância p<0,05.

RESULTADOS:

Participaram 75 equipes, que apresentaram expressiva inadequação nos itens: UBS dispor todas as vacinas exigidas no calendário básico, 5,95 (±4,003); possuir insumos e medicamentos para abordagem inicial de urgência/emergência, 2,33 (±2,500); apresentar os medicamentos básicos com regularidade, 3,68 (±3,146). A classificação foi regular para 45,3% das unidades e insatisfatória para 29,3%, sem diferenças quanto à localização urbana ou rural (p=0,479).

CONCLUSÃO:

Evidenciou-se avaliação insatisfatória, com inadequações relativas às vacinas, à abordagem inicial nas situações de urgência e emergência e à disponibilidade dos medicamentos. Tal situação prejudica o elenco de ações e a resolutividade dos serviços, afetando a capacidade da equipe para atender, efetivamente, as demandas de saúde da população
ABSTRACT

OBJECTIVE:

To evaluate the Basic Care regarding the supplies, immunobiologicals and medicines available in the family health services of the municipality of Minas Gerais, Brazil.

METHODS:

Cross-sectional, analytical research, conducted in 2014, from a ministerial instrument titled Self-Assessment for Improving Access and Quality of Primary Care, of family health teams. Eight items were considered, with values between zero and 10 points, of the total inadequacy to the total adequacy of the Basic Health Unit (UBS), to the evaluated item. The units were classified in quality standards "very unsatisfactory" to "very satisfactory" and analyzed according to rural and urban locations, level of significance p<0.05.

RESULTS:

75 teams participated, which presented significant inadequacy in the items: UBS dispose of all the vaccines required in the basic calendar, 5.95 (±4.003); to have supplies and medicines for the initial emergency/emergency approach, 2.33 (±2.500); presenting the basic medicines regularly, 3.68 (±3.146). The classification was regular for 45.3% of the units and unsatisfactory to 29.3%, without differences in urban or rural locations (p=0.479).

CONCLUSION:

There was an unsatisfactory evaluation, with inadequacies related to vaccines, the initial approach in emergency and emergency situations and the availability of medicines. Such a situation undermines the list of actions and the resolution of services, affecting the capacity of the team to effectively meet the population's health demands.
RESUMEN

OBJETIVO:

Evaluar la Atención Básica en cuanto a los insumos, inmunobiológicos y medicamentos disponibles en los servicios de salud de la familia del municipio de Minas Gerais, Brasil.

MÉTODOS:

Se trata de investigación transversal, analítica, conducida en 2014, a partir de instrumento ministerial titulado Autoevaluación para la mejora del acceso y de la calidad de la atención básica, de los equipos de salud de la familia. Se consideraron ocho ítems, con valores entre cero y diez puntos, de la total inadecuación a la total adecuación de la Unidad Básica de Salud (UBS), al ítem evaluado. Se clasificaron las unidades en estándares de calidad "muy insatisfactorio" a "muy satisfactorio" y se analizó según ubicación rural y urbana, nivel de significancia p<0,05.

RESULTADOS:

Participaron 75 equipos, que presentaron expresiva inadecuación en los ítems: UBS disponer todas las vacunas requeridas en el calendario básico, 5,95 (±4,003); poseer insumos y medicamentos para el enfoque inicial de urgencia/emergencia, 2,33 (±2,500); presentar los medicamentos básicos con regularidad, 3,68 (±3,146). La clasificación fue regular para el 45,3% de las unidades e insatisfactoria para el 29,3%, sin diferencias en cuanto a la ubicación urbana o rural (p=0,479).

CONCLUSIÓN:

Se evidenció una evaluación insatisfactoria, con inadecuaciones relativas a las vacunas, al abordaje inicial en las situaciones de urgencia y emergencia y a la disponibilidad de los medicamentos. Tal situación perjudica el elenco de acciones y la resolutividad de los servicios, afectando la capacidad del equipo para atender efectivamente las demandas de salud de la población.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados nacionais / Brasil Base de dados: LILACS / Coleciona SUS Assunto principal: Atenção Primária à Saúde / Avaliação em Saúde / Estratégia Saúde da Família / Insumos Farmacêuticos / Pesquisa sobre Serviços de Saúde Limite: Humanos País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. bras. med. fam. comunidade Ano de publicação: 2019 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Centro Universitário Pitágoras de Montes Claros (UNIFIPMoc)/BR / Faculdades Santo Agostinho de Montes Claros (FASA)/BR / Fundação Educacional Dom André Arcoverde/BR / Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)/BR / Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)/BR