Your browser doesn't support javascript.
Evidências científicas das práticas de diagnóstico da retenção urinária: scoping review / Scientific evidence of urinary retention diagnostic practices: scoping review / Evidencias científicas de las prácticas de diagnóstico de la retención urinaria: scoping review
Rev. enferm. UERJ; 26: e25840, jan.-dez. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-991144
Biblioteca responsável: BR1366.1
Localização: BR1366.1
RESUMO

OBJETIVO:

identificar evidências científicas sobre as práticas para o diagnóstico da retenção urinária.

MÉTODO:

trata-se de uma Scoping Review. A busca foi realizada nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Web of Science, National Library of Medicine, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, The Cochrane Library e SCOPUS. Das 2482 referências encontradas, 23 foram selecionadas.

RESULTADOS:

os 23 artigos que foram agrupados de acordo com a clínica do paciente: clínica cirúrgica, clínica de reabilitação e clínica obstétrica. E as práticas utilizadas para o diagnóstico da retenção urinária: cateterismo urinário de alívio, por meio do ultrassom portátil de bexiga, com a associação do ultrassom portátil de bexiga e do cateterismo urinário e/ou com medidas não invasivas.

CONCLUSÃO:

o diagnóstico da retenção urinária é um assunto que vem sendo discutido há algum tempo, no entanto, ainda não há um consenso, e a sua prática é realizada muitas vezes sem eficácia.
ABSTRACT

OBJECTIVE:

to identify scientific evidence on urinary retention diagnostic practices.

METHOD:

this scoping review searched the Latin American & Caribbean Health Sciences Literature, Web of Science, National Library of Medicine, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, The Cochrane Library and SCOPUS databases. Of the 2482 references found, 23 were selected.

RESULTS:

the 23 articles were grouped by patient clinic (surgery, rehabilitation or obstetrics) and by urinary retention diagnostic practices (intermittent urinary catheterization, by portable bladder ultrasound, combination of portable bladder ultrasound and urinary catheterization and/ or non-invasive measures).

CONCLUSION:

diagnosis of urinary retention is an issue that has been discussed for some time. However, there is still no consensus, and in practice it is often performed ineffectively.
RESUMEN

OBJETIVO:

identificar evidencias científicas sobre las prácticas para el diagnóstico de la retención urinaria.

MÉTODO:

se trata de una Scoping Review. Se realizó la búsqueda en las bases de datos Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud, Web of Science, National Library of Medicine, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, The Cochrane Library y SCOPUS. De las 2482 referencias encontradas, se seleccionaron 23.

RESULTADOS:

los 23 artículos se agruparon según la clínica del paciente: clínica quirúrgica, clínica de rehabilitación y clínica de obstetricia. Y las prácticas utilizadas para el diagnóstico de retención urinaria: cateterismo urinario de alivio, a través de ecografía (portátil) de vejiga, con la combinación de ecografía de vejiga y del cateterismo urinario y/o con medidas no invasivas.

CONCLUSIÓN:

el diagnóstico de la retención urinaria es un tema que está siendo discutido desde hace algún tiempo, sin embargo, todavía no existe un consenso y su práctica se realiza a menudo ineficazmente.
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: BDENF - Enfermagem / LILACS Assunto principal: Retenção Urinária / Cuidados de Enfermagem Tipo de estudo: Overview Aspecto clínico: Diagnóstico Limite: Humanos Idioma: Português Revista: Rev. enferm. UERJ Assunto da revista: Enfermagem Ano de publicação: 2018 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de São Carlos/BR / Universidade de São Paulo/BR