Your browser doesn't support javascript.
loading
Juventude, saúde e cidadania: uma pesquisa-ação com jovens da Maré / Youth, health and citizenship: action research with young people from the maré favelas
Barbosa, Regina Helena Simões; Giffin, Karen.
Afiliação
  • Barbosa, Regina Helena Simões; Universidade Federal do Rido de Janeiro. Núcleo de Estudos de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro. Brasil
  • Giffin, Karen; Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública. Brasil
Cad. saúde colet., (Rio J.) ; 13(3): 649-672, jul.-set. 2005.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-52631
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
O artigo baseou-se em pesquisa-ação que enfocou as questões de vida e saúde de jovens que vivem no complexo da Maré, extensa área favelada do Rio de Janeiro. Pretendeu-se colocar em foco a juventude brasileira, particularmente aquela que vive em contextos de pobreza, na perspectiva de conquista de direitos de cidadania. Assumiu-se que esta é uma problemática emergente e prioritária para a produção de conhecimentos em saúde, o desenvolvimento de metodologias educativas apropriadas e que contribuam para a formulação de políticas públicas para, e com a participação ativa, deste segmento populacional. A pesquisa-ação apresentada foi implementada com jovens moradores da Maré de ambos os sexos e consistiu na formação de grupos de reflexão-ação de gênero que, através de oficinas criativas, lúdicas e participativas, identificavam e refletiam sobre temas de seu interesse, buscando construir e/ou fortalecer ações coletivas transformadoras. O objetivo final foi a capacitação destes jovens enquanto "facilitadores de reflexão-ação" entre outros jovens desta coletividade. A pesquisa-ação é apresentada enquanto proposta de construção de conhecimento crítico e comprometido com uma ação política e social transformadora. Gênero é assumido como categoria relacional e transversal, articulada às dimensões de classe social e raça. Os resultados mostram que os temas de gênero, sexualidade e saúde reprodutiva perpassaram todos os momentos do processo reflexivo. Porém, a discriminação social sofrida pelos jovens moradores de favela surgiu como questão emergente prioritária para o enfrentamento do difícil cotidiano desses jovens. Associado a isto, a violência social também é identificada como questão que os impede de conquistar uma vida digna. Conclui-se pela necessidade e urgência dos jovens engajarem-se nos movimentos e redes de jovens que ora se organizam para lutar por políticas públicas para a juventude brasileira. (AU)
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Pobreza / Adolescente / Saúde do Adolescente / Tutoria Limite: Adolescente / Humanos Idioma: Português Revista: Cad. saúde colet., (Rio J.) Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Fundação Oswaldo Cruz/Brasil / Universidade Federal do Rido de Janeiro/Brasil
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Pobreza / Adolescente / Saúde do Adolescente / Tutoria Limite: Adolescente / Humanos Idioma: Português Revista: Cad. saúde colet., (Rio J.) Ano de publicação: 2005 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Fundação Oswaldo Cruz/Brasil / Universidade Federal do Rido de Janeiro/Brasil
...