Your browser doesn't support javascript.
loading
A percepção do caos urbano, as enchentes e as suas repercussões nas políticas públicas da região metropolitana de São Paulo / Urban chaos perception, floods and repercussions on public polities in São Paulo metropolitan area
Alves Filho, Ailton Pinto; Ribeiro, Helena.
Afiliação
  • Alves Filho, Ailton Pinto; s.af
  • Ribeiro, Helena; Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Brasil
Saúde Soc ; 15(3): 145-161, set.-dez. 2006. ilus
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-54598
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
Um aspecto muito discutido na atualidade, por pesquisadores dos fenômenos urbanos, é a percepção dos riscos ambientais. No caso da sociedade brasileira em geral, existe a concepção dominante de que os modelos de expansão urbanos, adotados nas grandes metrópoles, são responsáveis por graves problemas geo-ecológicos, que estas apresentam. No entanto, esta percepção não é muito clara e muda constantemente, evoluindo por força dos acontecimentos. No caso da RMSP - Região Metropolitana de São Paulo, os riscos hídrico-meteóricos são constantemente invocados como graves, merecendo, por parte dos poderes públicos, grande atenção. O presente artigo analisa os mecanismos decisórios e as políticas públicas, tomadas em função da percepção de caos urbano decorrente de grandes episódios de inundação, entendidos aqui como aqueles capazes de literalmente paralisar o ritmo diário de uma metrópole como São Paulo. Considera-se uma situação caótica como aquela capaz de provocar a interrupção do sistema de transportes, impedir a livre circulação de pessoas e mercadorias, gerar enormes prejuízos financeiros e materiais; suscitando o aparecimento de grande número de vítimas. Esta percepção de risco será confrontada com os dados climatológicos de cada situação calamitosa e também com as repercussões destes eventos nos processos decisórios. Pretende-se, desta forma, contribuir com o aperfeiçoamento do planejamento urbano, na gestão compartilhada das águas, e também com o estabelecimento de padrões de análise nos quais se possam verificar os progressos ou retrocessos na gestão deste recurso. (AU)
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.9: Reduzir o número de mortes por produtos químicos perigosos e contaminação do ar e água do solo Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Política Pública / Planejamento de Cidades / Inundações Idioma: Português Revista: Saúde Soc Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/Brasil
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.9: Reduzir o número de mortes por produtos químicos perigosos e contaminação do ar e água do solo Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Política Pública / Planejamento de Cidades / Inundações Idioma: Português Revista: Saúde Soc Ano de publicação: 2006 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/Brasil
...