Your browser doesn't support javascript.
loading
A integralidade das ações em saúde e a intersetorialidade municipal / The completeness of the health actions and the municipal intersectoriality
São Paulo; s.n; 2007. 211 p.
Tese em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-56140
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1; 362.1, 596. 48694/2007 / BR67.1; DR, 829. 48695/2007. CM
ABSTRACT
Movimentos mundiais vêm, através do tempo ampliando os conceitos do processo saúde/doença acrescentando o contexto biopsicosocial e econômico, aumentando as exigências de atuação no setor de saúde. As novas exigências, legalmente compostas, levam à necessidade de novos contornos na administração, no planejamento e na política municipal. Sob a justificativa de avançar no cumprimento das diretrizes constitucionais, na consolidação do processo de descentralização exigido pelo Sistema Único de Saúde, e de direcionar esforços intersetoriais que possam garantir a integralidade das ações em saúde, está pesquisa objetiva, num primeiro momento, analisar a percepção relativa ao conceito de saúde/doença nos vários níveis do governo municipal e o relacionamento do setor de trabalho na gestão pública, com a área de saúde, verificando a viabilidade do trabalho intersetorial no contexto político-organizacional, e num segundo momento, esclarecidos sobre as conclusões e objetivos da pesquisa 1, analisar a percepção sobre a importância do trabalho intersetorial como estratégia para a promoção da integralidade das ações em saúde; após o esclarecimento sobre as conclusões e objetivos da pesquisa 1. O método qualitativo de análise utilizou, nas duas etapas, entrevista individual e aplicação de questionário com questões abertas para a pesquisa 1 e para a pesquisa 2, gravadas no local de trabalho, utilizando a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo, para construção da caracterização e análise dos depoimentos verbais, pelas idéias centrais e suas correspondentes expressões chaves. Os sujeitos da pesquisa foram 100 por cento dos elementos envolvidos na gestão municipal, mais dois assessores diretos, localizados em um município da 13ª Região Sanitária do Rio Grande do Sul. Observou-se no grupo pesquisado a cencepção do conceito de saúde ampliado e positivo; o reconhecimento da responsabilidade dos vários setores sobre o processo saúde/doença da população e a afirmação da possibilidade de trabalho intersetorial; e conclui-se que com mudanças político-organizacionais, capacitação de recursos humanos, e planejamento, pode-se alcançar melhoria na ações de promoção da integralidade das ações em saúde.(AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: 11_ODS3_cobertura_universal / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: 11_multisectoral_coordination / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Políticas, Planejamento e Administração em Saúde / Sistema Único de Saúde / Sistemas Locais de Saúde / Colaboração Intersetorial / Assistência Integral à Saúde Tipo de estudo: Pesquisa qualitativa Idioma: Português Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Tese
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: 11_ODS3_cobertura_universal / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: 11_multisectoral_coordination / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Políticas, Planejamento e Administração em Saúde / Sistema Único de Saúde / Sistemas Locais de Saúde / Colaboração Intersetorial / Assistência Integral à Saúde Tipo de estudo: Pesquisa qualitativa Idioma: Português Ano de publicação: 2007 Tipo de documento: Tese
...