Your browser doesn't support javascript.
loading
O discurso do enfermeiro sobre a prática educativa no Programa Saúde da Família em Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil / The considerations of the nurse regarding educational practice in the family health program in the city of Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Jesus, Maria Cristina Pinto de; Santos, Sueli Maria dos Reis; Amaral, Arlete Maria Moreira do; Costa, Darcilia Maria Nagen da; Aguilar, Keily Siukya Mendes de.
Afiliação
  • Jesus, Maria Cristina Pinto de; Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Enfermagem. Brasil
  • Santos, Sueli Maria dos Reis; Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Enfermagem. Brasil
  • Amaral, Arlete Maria Moreira do; Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Enfermagem. Brasil
  • Costa, Darcilia Maria Nagen da; Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Enfermagem. Brasil
  • Aguilar, Keily Siukya Mendes de; s.af
Rev. aten. primária saúde ; 11(1): 54-61, jan.-mar. 2008.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-59499
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
Este estudo exploratório, descritivo, de natureza qualitativa teve como objetivo caracterizar o discurso do enfermeiro sobre a educação em saúde, discutindo alguns fatores que interferem no desenvolvimento desta prática, no Programa Saúde da Família, em Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil. Dezesseis enfermeiros fizeram parte da pesquisa e a coleta de dados se deu por meio de uma entrevista com roteiro previamente estruturado. As ações de educação em saúde são realizadas em momentos específicos, em forma de palestras e atividades de grupo. Alguns entrevistados consideram as ações educativas segundo o modelo tradicional de atenção à saúde, enquanto outros as vêem como oportunidade para desenvolver nas pessoas uma consciência crítica acerca da importância da co-responsabilização de profissionais e usuários nas ações de promoção e proteção da saúde. Falta de investimentos em materiais, na estrutura física, em recursos humanos, grande demanda ao serviço e o excesso de atividades burocráticas são apontados como fatores dificultadores para a realização das práticas educativas. Conclui-se que a educação em saúde, nas Unidades de Saúde da Família, ocorre permeada de contradições e que, para compreendê-la, o profissional de saúde, especialmente o enfermeiro, precisa considerar as novas formas de relações sociais e as necessidades de saúde da população, com vistas a superar as práticas que se limitam a ensinar comportamentos saudáveis. (AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Centros de Saúde / Educação em Saúde / Enfermagem / 36397 País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. aten. primária saúde Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Juiz de Fora/Brasil
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 3: Recursos humanos em saúde Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Centros de Saúde / Educação em Saúde / Enfermagem / 36397 País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. aten. primária saúde Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Juiz de Fora/Brasil
...