Your browser doesn't support javascript.
loading
Maternidade segura: relato de experiência / Safe motherhood: reported experience
Versiani, Clara de Cássia; Mendonça, José Márcio Girardi de; Vieira, Maria Aparecida; Sena, Roseni Rosângela de.
Afiliação
  • Versiani, Clara de Cássia; Universidade Estadual de Montes Claros. Departamento de Enfermagem. Brasil
  • Mendonça, José Márcio Girardi de; Universidade Estadual de Montes Claros. Departamento de Enfermagem. Brasil
  • Vieira, Maria Aparecida; Universidade Estadual de Montes Claros. Departamento de Enfermagem. Brasil
  • Sena, Roseni Rosângela de; Universidade Federal de Minas Gerais. Brasil
Rev. aten. primária saúde ; 11(1): 109-114, jan.-mar. 2008.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-59502
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
Trata-se do relato de uma experiência vivenciada pelos profissionais de saúde relativa à implantação dos Oito Passos para a Maternidade Segura na Maternidade Maria Barbosa do Hospital Universitário Clemente de Faria, em Montes Claros - Minas Gerais, evidenciando a construção do projeto e os resultados alcançados. O projeto de humanização da atenção na Maternidade objetiva aumentar a cobertura e a melhoria da qualidade do atendimento nos serviços de saúde e tem a orientação adequada a gestantes como uma das estratégias prioritárias para a obtenção da eficácia da assistência e, conseqüentemente, a redução da morbi-mortalidade materna e infantil. Foi construído por meio de um conjunto de critérios e procedimentos técnicos para mobilizar os profissionais que atuam direta ou indiretamente nos cuidados à mulher e à criança. Nesse processo de trabalho em saúde materno-infantil, os profissionais devem possuir qualificação e competência para executar funções obstétricas essenciais como assistência à mulher no pré-natal, no trabalho de parto, no parto, no puerpério e no planejamento familiar. Devem prover apoio social e psicológico, aconselhamento e educação às clientes, a suas famílias e às comunidades onde vivem. Conclui-se que a experiência evidencia as contradições que permeiam as relações de trabalho multiprofissionais e que a construção coletiva possibilitou o crescimento da equipe. Mostra que a qualidade da atenção humanizada é um esforço sinérgico e integrado de todos os níveis de gestão para a oferta de serviços às usuárias, atendendo aos princípios da humanização do cuidado, da dignidade e dos direitos sexuais e reprodutivos da mulher. (AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar / ODS3 - Meta 3.2 - Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos Tema em saúde: Meta 3.1: Reduzir a mortalidade materna / Meta 3.2: Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos / Nutrição Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Qualidade da Assistência à Saúde / Saúde Materno-Infantil / Parto Humanizado Limite: Feminino / Humanos / Recém-Nascido / Gravidez Idioma: Português Revista: Rev. aten. primária saúde Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Montes Claros/Brasil / Universidade Federal de Minas Gerais/Brasil
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar / ODS3 - Meta 3.2 - Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos Tema em saúde: Meta 3.1: Reduzir a mortalidade materna / Meta 3.2: Reduzir as mortes de recém nascidos e crianças com menos de 5 anos / Nutrição Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Qualidade da Assistência à Saúde / Saúde Materno-Infantil / Parto Humanizado Limite: Feminino / Humanos / Recém-Nascido / Gravidez Idioma: Português Revista: Rev. aten. primária saúde Ano de publicação: 2008 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Estadual de Montes Claros/Brasil / Universidade Federal de Minas Gerais/Brasil
...