Your browser doesn't support javascript.
loading
Avaliação econômica da rubéola e de estratégia de controle em situação de surto em Fortaleza (Ceará), Brasil / Economic evaluation of rubella and control strategies during an outbreak in Fortaleza (Ceará), Brazil
Mota, Daniel Marques; Beltrão, Henrique de Barros Moreira; Lanzieri, Tatiana Miranda; Vieira, Lúcia Costa; Machado, Márcio.
Afiliação
  • Mota, Daniel Marques; Agência Nacional de Vigilância Sanitárias. Coordenação do Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados. Brasília. Brasil
  • Beltrão, Henrique de Barros Moreira; Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS. Brasília. Brasil
  • Lanzieri, Tatiana Miranda; Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do SUS. Brasília. Brasil
  • Vieira, Lúcia Costa; Secretaria da Saúde do Estado do Ceará. Fortaleza. Brasil
  • Machado, Márcio; Universidade de Toronto. Toronto. Canada
Saúde Soc ; 20(3): 691-701, jul.-set. 2011. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-64174
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
Em 2007, o país vivenciou uma epidemia de rubéola, com 8.683 casos confirmados. Realizou-se uma avaliação econômica da rubéola e de uma estratégia de controle em surto ocorrido em Fortaleza em 2007. Dois estudos de avaliação econômica foram conduzidos. O primeiro foi uma análise de custo-enfermidade dos casos confirmados, e o segundo, uma análise de custo-efetividade entre duas estratégias de intervenção relacionadas à rubéola. Comparou-se o custo-efetividade da vacinação emergencial (i.e., operação limpeza) com o prestar assistência de saúde aos casos confirmados de rubéola. O estudo considerou as perspectivas econômicas do governo brasileiro por intermédio do Ministério da Saúde e também da sociedade, em que custos diretos e indiretos da prevenção e do tratamento da rubéola foram incluídos nas análises. O custo-enfermidade total dos 21 casos de rubéola foi de R$ 2.008,54 (médio R$ 95,65) e R$ 14.009,20 (médio R$ 667,10), desde as perspectivas do governo e sociedade, respectivamente. Os valores estimados para o custo-enfermidade total no país foram de aproximadamente R$ 831 mil para o governo e R$ 5.8 milhões para a sociedade. A análise de custo-efetividade incremental mostrou que a operação limpeza foi considerada dominante sobre a assistência aos casos de rubéola, produzindo maiores benefícios (i.e., redução dos casos de rubéola) a um menor custo. Esses resultados mostraram-se robustos em uma série de análises de sensibilidade. A análise de custo-efetividade nos mostrou que a alternativa de vacinação emergencial apresentou uma melhor relação de custo-efetividade e resultou em uma economia de recursos em ambas as perspectivas adotadas.(AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 10: Doenças transmissíveis / Objetivo 8: Surtos, emergências e desastres / Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Rubéola (Sarampo Alemão) / Vacinas / Surtos de Doenças / Análise Custo-Benefício / Farmacoeconomia / Economia / Economia e Organizações de Saúde Tipo de estudo: Avaliação econômica em saúde País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Saúde Soc Ano de publicação: 2011 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Agência Nacional de Vigilância Sanitárias/Brasil / Ministério da Saúde/Brasil / Secretaria da Saúde do Estado do Ceará/Brasil / Universidade de Toronto/Canada
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 10: Doenças transmissíveis / Objetivo 8: Surtos, emergências e desastres / Meta 3.3: Acabar com as doenças tropicais negligenciadas e combater as doenças transmissíveis Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Rubéola (Sarampo Alemão) / Vacinas / Surtos de Doenças / Análise Custo-Benefício / Farmacoeconomia / Economia / Economia e Organizações de Saúde Tipo de estudo: Avaliação econômica em saúde País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Saúde Soc Ano de publicação: 2011 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Agência Nacional de Vigilância Sanitárias/Brasil / Ministério da Saúde/Brasil / Secretaria da Saúde do Estado do Ceará/Brasil / Universidade de Toronto/Canada
...