Your browser doesn't support javascript.
loading
Prevalência e fatores associados ao Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) em profissionais de emergência: uma revisão sistemática da literatura / Prevalence and factors associated with Posttraumatic Stress Disorder (PTSD) in emergency workers: a systematic literature review
Lima, Eduardo de Paula; Assunção, Ada Ávila.
Afiliação
  • Lima, Eduardo de Paula; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública. Belo Horizonte. Brasil
  • Assunção, Ada Ávila; Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública. Belo Horizonte. Brasil
Rev. bras. epidemiol ; 14(2): 217-230, jun. 2011. ilus, tab
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-64375
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT

OBJETIVO:

Identificar as prevalências de Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) em profissionais dos serviços de emergências e conhecer os fatores associados ao desfecho.

MÉTODOS:

Foram consultadas sete bases de dados (MEDLINE via Pubmed, PsycINFO, LILACS, SciELO, BDENF, DISASTRES e MEDCARIB) entre os dias 10 e 25 de setembro de 2009, restringindo-se a pesquisa a artigos em português, inglês ou espanhol publicados no período de 2004 a 2009. Os descritores utilizados abarcaram termos relacionados a profissionais/serviços de emergência, transtorno de estresse pós-traumático e condições de trabalho e saúde ocupacional. Foram incluídos estudos observacionais quantitativos que investigaram a prevalência de TEPT e fatores determinantes ou associados à doença em amostras de bombeiros, profissionais de ambulância, profissionais da Cruz Vermelha e profissionais de emergência em hospitais. Foram excluídos estudos com base em amostras inadequadas para os objetivos da revisão (policiais, voluntários e filhos de profissionais de emergência) ou que não incluíram sintomas de TEPT como variável dependente em pelo menos um dos objetivos.

RESULTADOS:

A leitura dos títulos e resumos resultou em 30 artigos. A revisão das publicações completas permitiu a inclusão e análise de 17 artigos. Os estudos selecionados adotaram diferentes delineamentos, instrumentos, critérios diagnósticos e técnicas estatísticas de análise. A prevalência da doença variou da ausência de registro de casos à taxa de 38,5 por cento. Características sociodemográficas, biológicas e psicológicas, morbidade, exposição a eventos traumáticos ocupacionais e não-ocupacionais, e características do trabalho e do emprego associaram-se ao TEPT em profissionais de emergência.

CONCLUSÃO:

Variáveis individuais e de contexto são consideradas fatores associados ou de risco para o TEPT e explicitam o caráter mutidimensional do desfecho em foco.(AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos / Saúde Mental / Fatores de Risco / Saúde do Trabalhador / Serviços Médicos de Emergência Tipo de estudo: Estudo observacional / Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento / Revisão sistemática Idioma: Português Revista: Rev. bras. epidemiol Ano de publicação: 2011 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Minas Gerais/Brasil
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos / Saúde Mental / Fatores de Risco / Saúde do Trabalhador / Serviços Médicos de Emergência Tipo de estudo: Estudo observacional / Estudo de prevalência / Estudo de rastreamento / Revisão sistemática Idioma: Português Revista: Rev. bras. epidemiol Ano de publicação: 2011 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Federal de Minas Gerais/Brasil
...