Your browser doesn't support javascript.
loading
Educação no trabalho na atenção primária à saúde: interfaces entre a educação permanente em saúde e o agir comunicativo / Work education in primary health care: interfaces between permanent education in health and the communicative action
Silva, Jaqueline Alcântara Marcelino da; Peduzzi, Marina.
Afiliação
  • Silva, Jaqueline Alcântara Marcelino da; Universidade de São Paulo. Escola de Educação. Departamento de Orientação Profissional. Laboratório de Ensino. São Paulo. Brasil
  • Peduzzi, Marina; Universidade de São Paulo. Escola de Educação. Departamento de Orientação Profissional. São Paulo. Brasil
Saúde Soc ; 20(4): 1018-1032, out.-dez. 2011.
Artigo em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-64455
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR67.1
ABSTRACT
O trabalho em saúde e a educação no trabalho constituem-se com uma dupla dimensão - ação instrumental e intersubjetividade.

OBJETIVO:

Analisar as concepções de educação que fundamentam as atividades educativas de trabalhadores da saúde na atenção primária.

MÉTODO:

Estudo de abordagem qualitativa realizado em duas unidades básicas de saúde do município de São Paulo, por meio de entrevista semiestruturada gravada com 36 informantes-chave, representativos de cada categoria profissional dos serviços, incluindo o segmento gerencial e o de trabalhadores da saúde. Os dados foram analisados com a técnica de análise de conteúdo temática com base no quadro teórico processo de trabalho em saúde, teoria do agir comunicativo, educação continuada (EC), educação permanente em saúde (EPS) e integralidade, os quais permitiram a construção das categorias empíricas educação instrumental/tradicional e educação comunicativa/emancipatória.

Resultados:

Os resultados mostram o predomínio da concepção de educação no trabalho como construção coletiva do saber a partir da realidade de trabalho, pertinentes à EPS que se pretende instituir para a mudança das práticas e do modelo assistencial biomédico. Contudo, alguns depoentes expressam uma concepção de educação instrumental com ênfase em ações técnicas e de atualização do saber, que se aproxima da EC.

CONCLUSÃO:

Os resultados evidenciam a convivência das duas concepções de educação de trabalhadores - instrumental e comunicativa com o predomínio da segunda, que mostra a capilaridade da política de EPS entre os trabalhadores de saúde das UBS e a necessidade de aprofundar o debate para consolidar a prática educativa no cotidiano de trabalho.(AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Atenção Primária à Saúde / Trabalho / Centros de Saúde / Educação Profissional em Saúde Pública / Educação Continuada / Mão de Obra em Saúde Tipo de estudo: Pesquisa qualitativa Idioma: Português Revista: Saúde Soc Ano de publicação: 2011 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/Brasil
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Atenção Primária à Saúde / Trabalho / Centros de Saúde / Educação Profissional em Saúde Pública / Educação Continuada / Mão de Obra em Saúde Tipo de estudo: Pesquisa qualitativa Idioma: Português Revista: Saúde Soc Ano de publicação: 2011 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade de São Paulo/Brasil
...