Your browser doesn't support javascript.
loading
Queimadas de cana-de-açúcar e condições climáticas: mapeamento e estudo das relações com a saúde da população na região de Araraquara - SP / Burning of sugarcane and weather conditions mapping and study of the relationship with the health of the population in the region of Araraquara - SP
São Paulo; s.n; 2013. 125 p.
Tese em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-65799
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1; MTR, 1964. 54365/2013. CM
ABSTRACT

Introdução:

A cana-de-açúcar é cultivada no Brasil desde o período colonial, e está se expandindo desde a década de 1970. A queima da cana-de-açúcar na pré-colheita ocorre para facilitar o trabalho de corte, reduzir o volume de resíduos, controlar pragas, evaporar e concentrar o açúcar na haste e eliminar animais perigosos do canavial. A queima da cana-de-açúcar e os efeitos à saúde humana é o objeto de diversas pesquisas recentes.

Objetivos:

Verificar a evolução das queimadas e da produção de cana-de-açúcar, e sua correlação com as leis vigentes na região de Araraquara, no período de 2003 a 2011. Estudar, por diferentes métodos, a relação entre fatores climáticos, variáveis socioeconômicas, queimadas de cana-de-açúcar e doenças respiratórias e cardiovasculares.

Metodologia:

Revisão bibliográfica. Composição de banco de dados geográficos com as variáveis em estudo. Análise da qualidade dos dados. Elaboração de mapas temáticos e gráficos das variáveis. Cálculo do índice de Moran global das variáveis de estudo. Estatística por varredura, aglomerados espaço-temporais de dados de focos de queimadas e internações. Modelagem e análise por atribuição de pesos. Elaboração de mapas temáticos de comparação e análise a partir dos aglomerados espaço-temporais. Descrição dos resultados.

Resultados:

A revisão bibliográfica, entre outras coisas, mostrou que em diferentes países estão ocorrendo avanços em relação às queimadas de cana-de-açúcar, inclusive no Brasil. A produção de cana-de-açúcar aumentou nos últimos anos, consequentemente aumentando a quantidade de queimadas em oposição ao previsto nas leis vigentes. A análise por pesos não foi satisfatória os resultados de vulnerabilidade obtidos não representaram bem as relações entre as variáveis estudadas. A elaboração dos aglomerados espaço-temporais foi satisfatória. Os aglomerados espaciais dos focos de queimadas mostraram as áreas com maior intensidade de queimadas ao longo dos anos. Os aglomerados temporais dos focos de queimadas mostraram que a maior quantidade de focos ocorreu durante o período de safra da cana. Com os aglomerados espaciais das internações foi possível observar as áreas mais sensíveis, principalmente para as doenças respiratórias. Os aglomerados temporais das doenças mostraram os períodos do ano que a população sofre mais com as doenças(AU)
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.9: Reduzir o número de mortes por produtos químicos perigosos e contaminação do ar e água do solo Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Doenças Respiratórias / Mudança Climática / Doenças Cardiovasculares / Produtos Agrícolas / 32408 / 34681 / Saccharum / Poluentes Atmosféricos Idioma: Português Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Tese
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.9: Reduzir o número de mortes por produtos químicos perigosos e contaminação do ar e água do solo Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Doenças Respiratórias / Mudança Climática / Doenças Cardiovasculares / Produtos Agrícolas / 32408 / 34681 / Saccharum / Poluentes Atmosféricos Idioma: Português Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Tese
...