Your browser doesn't support javascript.
loading
Crescimento e estado nutricional de pré-escolares matriculados em creches públicas da cidade de Taubaté no ano de 2011 / Growth and nutritional status of preschoolers enrolled in nurseries public the Taubaté in 2011
São Paulo; s.n; 2013. 83 p.
Tese em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-65802
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1; MTR, 1977. 54477/2013. CM
ABSTRACT
oportuna dos agravos à saúde e situações de risco nutricional. É consenso que a prevalência da obesidade em crianças vem aumentando de forma significativa e que ela por si só, determina vários agravos à saúde na infância e na idade adulta. Nas duas últimas décadas, o número de crianças com peso acima do normal mais do que triplicou não só em populações de nível socioeconômico alto, mas também, em populações de menor poder aquisitivo, atingindo crianças de faixa etária cada vez menor, fazendo com que se torne importante avaliar precocemente de maneira a auxiliar na formulação de políticas públicas voltadas à criança.

Objetivos:

Determinar o perfil antropométrico de pré-escolares matriculados em creches públicas da cidade de Taubaté.

Método:

Trata-se de um estudo transversal descritivo realizado em creches públicas do município de Taubaté durante o ano de 2011, onde 24 creches foram visitadas para a tomada de medidas antropométricas peso, estatura e circunferência abdominal. Tais medidas serão controladas pelas variáveis sexo, idade em meses, e foram analisados os seguintes índices estatura/idade (E/I), peso/idade (P/I), peso/estatura (P/E) e índice de Massa Corporal(IMC), assim como demonstrados os valores para a circunferência abdominal e a Razão Cintura/altura das crianças.

Resultados:

Não foram verificados problemas relacionados a déficits de crescimento na população, segundo o índice E/I. De acordo com os indicadores P/I e IMC/I a ocorrência de desnutrição nos pré-escolares foi irrelevante, porém foi encontrada uma expressiva prevalência de pré-escolares portadores de risco de sobrepeso naqueles de 2 a 5 anos e excesso de peso nas faixas de 5,1 a 7 anos incompletos.

Conclusão:

Foi encontrada uma elevada prevalência de excesso de peso na população estudada, maior nas crianças nas faixas etárias superiores de estudo, que pode evidenciar um processo de transição nutricional avançado na população estudada
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Política Pública / Creches / Antropometria / Saúde da Criança / Estado Nutricional / Obesidade Tipo de estudo: Estudo observacional / Estudo de prevalência Limite: Criança / Criança, pré-escolar Idioma: Português Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Tese
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Política Pública / Creches / Antropometria / Saúde da Criança / Estado Nutricional / Obesidade Tipo de estudo: Estudo observacional / Estudo de prevalência Limite: Criança / Criança, pré-escolar Idioma: Português Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Tese
...