Your browser doesn't support javascript.
loading
Investigação de fontes alimentares de culicídeos coletados em parques municipais de São Paulo pela técnica de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) / Investigation of blood meal sources of mosquitoes collected in Municipal Parks of São Paulo city, by Polymerase Chain Reaction (PCR) technique
São Paulo; s.n; 2013. 97 p.
Tese em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-65910
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1; MTR, 1992. 54584/2013
ABSTRACT
O estudo das fontes alimentares em culicídeos possui evidentes significados ecológicos e epidemiológicos, pois auxilia na identificação de animais possivelmente envolvidos na manutenção de surtos epidêmicos das doenças transmitidas por vetores, oferecendo informações para a indicação de potenciais reservatórios de patógenos. Entre os métodos utilizados para avaliar o possível grau de atração exercido por certas fontes de alimentação em relação às fêmeas de culicídeos, a técnica de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) se destaca como sendo uma das técnicas mais eficientes na detecção de repastos sanguíneos devido à alta sensibilidade e especifidade. O objetivo desse estudo foi descrever o perfil alimentar das fêmeas de culicídeos capturadas nos parques Alfredo Volpi, Anhanguera, Carmo, Chico Mendes, Ibirapuera, Santo Dias e Shangrilá, situados na cidade de São Paulo, investigando possíveis associações entre as espécies de mosquitos e suas respectivas fontes alimentares, analisando assim o comportamento no âmbito alimentar dessas espécies em diferentes localidades da cidade, durante os meses de Fevereiro de 2011 à Fevereiro de 2012. A identificação do repasto sanguíneo foi realizada por meio da técnica de PCR para os seguintes hospedeiros aves, cães, gatos, humanos, primatas ( não humanos) e roedores em 510 fêmeas ingurgitadas distribuídas em 14 espécies capturadas pleas técnicas de aspiração, CDC copa, CDC solo e armadilha de Shannon. Dos vertebrados, apenas o hospedeiro gato não foi encontrado como sendo fonte de repasto, as demais têm sido utilizadas como fontes de alimentação para os culicídeos nos parques estudados. Baseando-se em testes estatísticos não se encontrou nenhuma tendência de associação entre as espécies de culicídeos capturadas ingurgitadas e as fontes utilizadas para repasto, evidenciando assim, padrões aleatórios por parte dos mosquitos em se alimentarem de fontes sanguíneas mais abundantes ou mais fáceis de serem abordadas, reforçando a característica oportunista das fêmeas de culicídeos em busca das suas fontes de alimentação sanguíneas. Sendo de fundamental importância tais informações em contexto epidemiológico, afim de, identificar novos possíveis hospedeiros e reservatórios de patógenos em cadeias de transmissão de doenças transmitidas por culicídeos
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Doenças Negligenciadas Tema em saúde: Zoonoses Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Comportamento Alimentar / Preferências Alimentares / Culicidae Limite: Animais Idioma: Português Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Tese
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Doenças Negligenciadas Tema em saúde: Zoonoses Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Comportamento Alimentar / Preferências Alimentares / Culicidae Limite: Animais Idioma: Português Ano de publicação: 2013 Tipo de documento: Tese
...