Your browser doesn't support javascript.
loading
Pressão arterial, crescimento alcançado e estado nutricional de crianças de seis e de dez anos de idade de escolas públicas de Florianópolis, Santa Catarina / Blood pressure, attained growth and nutritional status of children of six and ten years of age of public schools of Florianopolis, Santa Catarina
São Paulo; s.n; 2014. 110 p.
Tese em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-66642
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1; DR, 1173. 55153/2014. CM
ABSTRACT

Introdução:

A detecção de hipertensão arterial sistêmica (HAS) em crianças vem aumentando e tem sido relacionada ao aumento da prevalência da obesidade na infância. A evidência da transição nutricional em escolares torna importante o desenvolvimento de pesquisas que avaliem a relação entre pressão arterial (PA), crescimento e estado nutricional em escolares.

Objetivos:

Avaliar a PA, o crescimento e o estado nutricional de crianças de seis e sete anos e de nove e dez anos de idade de escolas públicas de Florianópolis, SC.

Métodos:

estudo transversal, analítico de uma amostra aleatória e probabilística de 1082 escolares, de dois grupos de idade. Foram avaliados indicadores antropométricos e de composição corporal peso (P), estatura (E), prega cutânea tricipital (PCT), circunferência da cintura (CC), cintura abdominal (CA), razão de CC/E e CA/E e índice de massa Corporal (IMC), área gorda (AGB) e área muscular do braço (AMB), analisados pelos referenciais da OMS de 2007 e de Frisancho. Os níveis pressóricos foram classificados individualmente em percentis em relação ao referencial norte-americano, para sexo, idade e estatura, segundo o preconizado pelo National High Blood Pressure Education Program Working Group on High Blood Pressure in Children and Adolescents (NHBPEP). Analisou-se a correlação entre crescimento, estado nutricional, composição corporal e a PA nos dois grupos etários e as relações com peso de nascimento e estado nutricional. A análise de risco para a razão CC/E (sensibilidade e especificidade) foi calculada pela curvas ROC.

Resultados:

os escolares apresentaram crescimento adequado, superior ao do referencial; observou-se pressão arterial alterada em 13,8 por cento das crianças, com frequência maior para as mais velhas (17,6 por cento ). A análise isolada da PA sistólica e da diastólica revelou a mesma tendência. Quanto ao estado nutricional verificou-se 25,1 por cento das crianças com sobrepeso e 13,0 por cento com obesidade, destas 4,4 por cento apresentavam obesidade grave, mais frequente nos meninos (7,1 por cento ), independentemente da idade. Os níveis de PA (sistólica e/ou diastólica) foram maiores quanto maior o escore z de estatura. Quanto a composição corporal, a PA elevada esteve associada de maneira significante a maiores escores z de IMC, AGB, AMB, PCT, CC, razão da CC/E e CA/E e a uma menor proporção ( por cento ) de AMB
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Pressão Sanguínea / Saúde da Criança / Estado Nutricional / Crescimento / Obesidade Tipo de estudo: Ensaio clínico controlado / Estudo observacional / Estudo de prevalência Limite: Criança / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Tese
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Pressão Sanguínea / Saúde da Criança / Estado Nutricional / Crescimento / Obesidade Tipo de estudo: Ensaio clínico controlado / Estudo observacional / Estudo de prevalência Limite: Criança / Feminino / Humanos / Masculino País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Tese
...