Your browser doesn't support javascript.
loading
Qualidade da dieta de escolares do município de São Paulo / Diet s quality of school children in São Paulo
São Paulo; s.n; 2014. 103 p.
Tese em Português | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-66644
Biblioteca responsável: BR67.1
Localização: BR67.1; DR, 1171. 55150/2014. CM
ABSTRACT

INTRODUÇÃO:

O hábito alimentar dos escolares pode ser influenciado por características sociodemográficas e do ambiente, seja escolar, doméstico oufora do lar e a valiar o consumo de alimentos do escolar em diferentes locais,pode fornecer informações sobre a qualidade dos alimentos ofertados em cada local. O Índice de Qualidade da Dieta Revisado (IQD -R) é um instrumento apropriado, pois, analisa a qualidade dos alimentos consumidos, comparando - os com as recomendações brasileiras.

OBJETIVO:

descrever a qualidade da dieta de escolares utilizando o IQD - R.

MÉTODOS:

Trata-se de um estudo transversal realizado com escolares de 7 a 10 anos de duas escolas municipais de São Paulo. Foram coletadas informações socioeconômicas, de estado nutricional e de consumo alimentar, por meio da aplicação de três recordatórios de 24h. A qualidade da dieta foi avaliada pelo método IQD-R.

RESULTADOS:

A média do IQD-R foi de 64,6 pontos e a maioria dos escolares apresentou dieta que necessita de modificação. Os componentes que apresentaram menores escores foram cereais integrais e sódio, e os maiores escores foram observados nos óleos, carnes, ovos e leguminosas, e cereais totais. As meninas apresentaram maior consumo de frutas e menor consumo de carnes, ovos e leguminosas, e sódio. O menor consumo de sódio esteve associado ao maior nível de escolaridade da pessoa de referência da família e maior número de refeições diárias. Escolares que consomem café da manhã possuem maior consumo de vegetais e de leite e derivados. O maior consumo de refeições em casa esteve associado com o menor consumo de gordura saturada e calorias provenientes de gordura sólida e açúcares de adição (Gord_AA), além de ser fator de proteção para uma melhor qualidade da dieta. Escolares que consumiram refeições fora do lar, apresentaram maior consumo de cereais integrais e Gord_AA.

CONCLUSÃO:

A análise da qualidade da dieta dos escolares mostrou que estes não consomem os alimentos e nutrientes conforme a recomendação brasileira. O maior número de refeições em casa é considerado como fator de proteção para uma melhor dieta quando comparado ao maior número de refeições fora do lar, por isto, ações de educação alimentar e nutricional devem ser direcionadas aos escolares, com intuito de reduzir o consumo de alimentos industrializados e fora do lar
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 11 Desigualdades e iniquidades na saúde Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Estudantes / Alimentação Escolar / Qualidade dos Alimentos / Dieta / Ingestão de Alimentos Tipo de estudo: Estudo observacional / Estudo de prevalência Limite: Criança / Humanos País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Tese
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados temática Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas Tema em saúde: Objetivo 11 Desigualdades e iniquidades na saúde Base de dados: CidSaúde - Cidades saudáveis Assunto principal: Estudantes / Alimentação Escolar / Qualidade dos Alimentos / Dieta / Ingestão de Alimentos Tipo de estudo: Estudo observacional / Estudo de prevalência Limite: Criança / Humanos País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Ano de publicação: 2014 Tipo de documento: Tese
...