Your browser doesn't support javascript.
Environmental perception of 6th and 9th grade students from a municipal school in Redenção, Pará State, Brazil/Percepção ambiental dos alunos do 6° e do 9° anos de uma escola pública municipal de Redenção, Estado do Pará, Brasil
Rev Pan-Amaz Saude ; 7(4): 11-20, 2016. ilus, graf
Artigo em Português | IEC | ID: iec-16194
Biblioteca responsável: BR275.1
Localização: BR275.1
RESUMO

OBJETIVO:

A presente pesquisa foi realizada em uma escola municipal em Redenção, Estado do Pará, com 51 alunos de idades entre 10 e 15 anos, do 6º e do 9º anos do Ensino Fundamental II, objetivando analisar a percepção ambiental dos alunos relacionada à saúde ambiental na localidade.

MATERIAIS E MÉTODOS:

Foi utilizada a técnica do Mapa Mental, a fim de visualizar, estruturar e classificar os elementos pertencentes ao meio ambiente. Aplicou-se um questionário com perguntas sobre as práticas diárias de comportamento ambiental.

RESULTADOS:

Os dados foram analisados estatisticamente e mostraram relevantes diferenças de percepção entre os alunos das referidas séries. Porém, os sujeitos pesquisados percebiam o meio ambiente natural com maior intensidade, muitas vezes nem mesmo inserindo a figura humana em suas percepções. Os elementos, como rua, casa e árvores, estiveram presentes em mais de 89% dos desenhos; enquanto os seres humanos e animais apareceram abaixo de 26%. Os desenhos, em sua maioria, não condiziam com a realidade do local em estudo, no que se refere a um ambiente saudável. Os questionários apresentaram respostas a algumas questões ambientais relacionadas ao desejo dos alunos de obterem um ambiente mais conservado; nesse sentido, 43% ansiavam por mais lixeiras na cidade.

CONCLUSÃO:

A educação ambiental se faz importante em um processo educativo contínuo, para a conscientização da necessidade de um meio ambiente que ofereça melhor qualidade de vida
ABSTRACT

OBJECTIVE:

The current study was performed in a municipal school of Redenção, Pará State, Brazil, with 51 students, between 10 and 15 years old from 6th and 9th grade of Elementary II of Brazilian school, aiming to analyse the students' environmental perception related to the environmental health.

MATERIALS AND METHODS:

It was used the Mind Map technique to visualize, structure and classify the elements that belong to the environment. It was used a questionnaire with questions about daily practices of environmental behavior.

RESULTS:

Data were statistically analyzed and showed important differences of perception among students from those grades. However the interviewees observed the natural environment with greater intensity, and rarely inserting the human being into their perceptions. Streets, houses and trees were present in more than 89% of their drawings, while humans and animals appeared below 26%. The most of the drawings did not match to the reality of the place under study in regard to a healthy environment. The questionnaires presented answers about some environmental questions according to the students' desire of a better conserved environment; in this sense, 43% asked for more public trashcans in the city.

CONCLUSION:

Environmental education is important in continuous educational process in order to awareness about the need for an environment that offers a better quality of life
RESUMEN

OBJETIVO:

La presente investigación se realizó un una escuela municipal en Redenção, Estado de Pará, Brasil, con 51 alumnos, con edades entre 10 y 15 años, de 6º a 9º años de la Enseñanza Fundamental II, objetivando verificar la percepción ambiental de los alumnos relacionada con la salud ambiental en la localidad.

MATERIALES Y MÉTODOS:

Se utilizó la técnica del Mapa Mental, y así, fue posible visualizar, estructurar y clasificar los elementos pertenecientes al medio ambiente. Se aplicó un cuestionario con preguntas sobre las prácticas diarias de comportamiento ambiental.

RESULTADOS:

Los datos fueron analizados estadísticamente y mostraron relevantes diferencias de percepción entre los alumnos de los referidos años. Sin embargo, los individuos estudiados percibían con más intensidad el medio ambiente natural, muchas veces sin siquiera insertar la figura humana en sus percepciones. Los elementos calle, casa y árboles se hacen presentes en más de 89% de los dibujos, mientras que el ser humano y los animales aparecen menos de 26%. Los dibujos, en su mayoría, no condecían con la realidad del local en estudio en lo que se refiere a un ambiente saludable. Los cuestionarios presentaron respuestas relacionadas a algunos temas ambientales conforme el comportamiento y los deseos de los alumnos con relación a la idea de un ambiente más conservado; en ese sentido, 43% deseaban más basureras en la ciudad.

CONCLUSIÓN:

La educación ambiental es de importancia en el proceso educativo y continuado en el espacio escolar, para la sensibilización de la necesidad de un medio ambiente que ofrezca mejor calidad de vida
Assuntos

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados nacionais Base de dados: IEC Assunto principal: Percepção / Estudantes / Saúde Ambiental / Setor Público / Educação em Saúde Ambiental / Ensino Fundamental e Médio País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev Pan-Amaz Saude Ano de publicação: 2016 Tipo de documento: Artigo Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Pará. Instituto de Ciências Exatas e Naturais/BR / Universidade Federal do Pará. Instituto de Ciências Exatas e/BR