Your browser doesn't support javascript.
loading
Possiveis lesoes musculares e ou articulares causadas por sobrecarga na pratica da musculacao / Muscular and or articulations injuries caused by the overweight in body building
Rev. bras. ativ. fís. saúde ; 3(3): 15-23, mar. 1998. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-234794
Biblioteca responsável: BR12.1
RESUMO
Nas academias de musculacao,e comum encontramos problemas diversos relacionados a lesoes de ordem muscular e/ou articular.Sendo assim,abordamos a questao das lesoes causadas pelo uso de sobrecarga nos aparelhos de musculacao.Desta forma,o objetivo desta pesquisa e levantar o problema que atinge os praticantes de musculacao e que as vezes,leva-os a desistencia da pratica.O estudo foi realizado em academias de musculacao,onde foi verificado uma infraestrutura adequada para um bom desenvolvimento da modalidade e a presenca de profissionais de Educacao Fisica para ministrar as aulas.Das 55 entrevistas realizadas,40 foram com homens e 15 com mulheres,pertencentes a uma faixa etaria que variou entre 24 a 43 anos de idade e com um tempo de pratica da referida atividade nao inferior a 6 meses.A maior procura pela pratica de musculacao foi pelo periodo da noite e pela frequencia de 3 treinos semanais,tendo como objetivo,na maioria dos casos,o condicionamento fisico,seguido pela estetica corporal.Do conjunto de dados analisados percebemos que mais da metade dos entrevistados(55 por cento)relataram algum tipo de lesao em decorrencia unicamente do treinamento de musculacao somamdo um total de 46 lesoes,sendo que 2 entrevistados acusaram ate 3 lesoes cada e outros 2 relataram 4 lesoes cada.O maior acometimento foi no ombro(28 por cento)seguido pela coluna lombar e musculos dorsais superiores 13 por cento joelho e cotovelo(11 por cento)musculos peitorais(7 por cento)e tambem lesoes na coluna cervical,no punho,nos musculos da panturrilha,nos musculos abdominais,nos musculos adutores de quadril e nos musculos do deltoide.Foi verificado ainda que a metade dos praticantes ja treinou sentindo algum tipo de dor e que varios deles nao comunicaram ao treinador sobre a dor e,pior,em alguns casos eles nao tiveram sei treinamento alterado mesmo apos o treinador ter sido comunicado sobre o ocorrido.Em relacao as lesoes sofridas,36 por cento dos praticantes lesionados tiveram que abandonar od treinamentos em virtude de tais lesoes,sendo que o tempo de afastamento variou entre uma semana ate various meses.Desses praticantes lesionados,22 por cento tiveram que fazer tratamento para se recuperar.Foi ainda questionado se os praticantes de musculacao usavam algum tipo de suplemento alimentar para melhorar sua performance na modalidade e obteve-se como resposta afirmativa 42 por cento.
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Ferimentos não Penetrantes Tipo de estudo: Relato de casos Limite: Adulto / Humanos Idioma: Português Revista: Rev. bras. ativ. fís. saúde Assunto da revista: Medicina Esportiva Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Artigo

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Ferimentos não Penetrantes Tipo de estudo: Relato de casos Limite: Adulto / Humanos Idioma: Português Revista: Rev. bras. ativ. fís. saúde Assunto da revista: Medicina Esportiva Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Artigo
...