Your browser doesn't support javascript.
loading
Significância etiológica e características de estafilococos coagulase-negativa isolados de processos infecciosos em recém-nascidos / Etiologic significance and characteristics of coagulase-negative staphylococci isolated from infectious among newborns
Botucatu; s.n; 1998. 177 p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-270235
Biblioteca responsável: BR33.1
Localização: BR33.1
RESUMO
Os estafilococos coagulase-negativa (ECN), embora reconhecidos como saprófitas por muito tempo, têm emergido como agentes etiológicos de uma série de infecçöes, sendo atualmente os mais freqüentemente isolados em infecçöes hospitalares. Esses microrganismos apresentam elevado risco potencial de bacteremia nosocomial entre recém-nascidos com baixo peso ao nascimento, os quais geralmente säo imunologicamente imaturos e freqüentemente requerem procedimentos invasivos para a adminstraçäo de substâncias nutritivas e medicamentosas. O aumento da incidência de bacteremia nosocomial por ECN em neonatos nos últimos anos, tem sido também associado ao aumento da sobrevivência de crianças prematuras com peso ao nascimento menor que 1.500 g e à sua longa permanência no ambiente hospitalar. Contudo, como os ECN fazem parte da flora normal da pele, freqüentemente contaminam espécimes clínicos, sendo muitas vezes negligenciados por esse aspecto quanto à sua importância etiológica. Tendo em vista essas características, este estudo teve como objetivos avaliar a significância etiológica de estafilococos coagulase-negativa isolados de processos infecciosos em recém-nascidos da Unidade neonatal do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu e a caracterizaçäo das linhagens quanto aos fatores de virulência e sensibilidade às drogas. As linhagens de ECN isoladas foram classificadas em significativas, suspeitas e contaminantes com base em uma série de dados clínicos e laboratoriais. Das 117 linhagens de ECN isoladas, 51 (43,6 por cento) foram classificadas como significativas, nove (7,7 por cento) como suspeitas e 57 (48,7 por cento) como contaminantes. Das 45 crianças com infecçäo por ECN, 37 (82,2 por cento) eram prematuras e 22 (48,9 por cento) com peso ao nascimento < 1500g. A maioria das crianças com infecçäo por ECN estavam submetidas a dois ou mais procedimentos invasivos (77,8 por cento), incluindo o uso de catéter (88,9 por cento), nutriçäo parenteral (66,7 por cento) e ventilaçäo mecânica (57,8 por cento). O Staphylococcus epidermidis foi a espécie mais frequentemente isolada (77,8 por cento) e mais associada com infecçäo (90,2 por cento) do que com contaminaçäo (68,4 por cento). Outras espécies de ECN, incluindo uma linhagem de S. haemolyticus, duas linhagens de S. lugdunensis, uma linhagem de S. simulans e uma linhagem de S. xylosis, também foram isoladas de crianças com evidência clínica de pneumonia, enterocolite necrosante ou sepse...
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Staphylococcus / Resistência Microbiana a Medicamentos / Infecção Hospitalar / Coagulase / Hospitais Universitários / Doenças do Recém-Nascido Limite: Animais / Humanos Idioma: Português Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Tese

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Staphylococcus / Resistência Microbiana a Medicamentos / Infecção Hospitalar / Coagulase / Hospitais Universitários / Doenças do Recém-Nascido Limite: Animais / Humanos Idioma: Português Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Tese
...