Your browser doesn't support javascript.
loading
Definiçäo da agressividade induzida pela privaçäo de sono na plataforma como manifestaçäo de pânico no rato albino macho / Definition of induced agressive behavior induced by sleep deprivation
Botucatu; s.n; 1998. 132 p. tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-270244
Biblioteca responsável: BR33.1
Localização: BR33.1
RESUMO
O aumento do comportamento agressivo é um dos efeitos marcantes que se observa, quando a privaçäo de sono dessincronizado é efetuada em ratos, para se determinar a funçäo deste estado de sono. Tendo em vista, que os nossos estudos demonstraram, que tal agressividade é de natureza defensiva, o presente estudo visou responder a questäo "defendendo-se de que?" A análise de como os episódios de briga se iniciam, mostrou que 22,3 por cento das brigas säo iniciadas sem causa ambiental determinável, principalmente por animais que apresentam períodos relativamente longos de imobilidade de expectativa (congelamento comportamental) quando agrupados, após o fim da privaçäo de sono. Nestes casos, um animal em imobilidade de expectativa dá um salto repentino e/ou inicia uma corrida explosiva sem causa aparente, vocalizando, colidindo ou pisoteando os demais membros do grupo que, instantaneamente, apresentam comportamentos de defesa agressiva. Tais corridas súbitas, iniciadas sem causa aparente, também foram constatadas em um animal mantido isolado. Verticalizaçöes súbitas de um animal, sem causa ambiental detectável, também mostrou induzir brigas. Aproximaçöes, contatos corporais, movimentos, ou ruídos repentinos promovidos pelos coespecíficos ou provenientes do ambiente, mostraram-se causas determináveis que elicidam os episódios de briga. Episódios de briga em sequência imediata ao despertar, induzido por mioclonias do sono, também foram observados (2 casos). Tendo em vista, que estes dados configuraram a possibilidade de caracterizar tais brigas como manifestaçöes de pânico, buscou-se fundamentar esta tese demonstrando a similaridade com as brigas induzidas pelo eletrochoque nas patas de animais agrupados. A açäo da fluoxetina (droga utilizada no tratamento clínico do pânico) em reduzir as brigas induzidas pela privaçäo de sono, também foi estudada para se buscar subsídios farmacológicos para a sustentaçäo da tese. Os resultados indicaram similaridade das brigas induzidas pelos eletrochoques e uma reduçäo significativa do número de animais que apresentam brigas após a privaçäo de sono nos animais tratados com a fluoxetina (dose de 1 mg/kg por 5 a 21 dias). Os dados obtidos juntamente com os novos resultados de nosso laboratório, mostrando ausência destas brigas em animais com lesäo da substância cinzenta periaqueductal e ainda que o lactato potencializa estes confrontos agonísticos, conclui-se pela validade da tese e ressalta-se sua importância...
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Ratos Endogâmicos / Privação do Sono / Fluoxetina / Agressão Limite: Animais Idioma: Português Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Tese

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Ratos Endogâmicos / Privação do Sono / Fluoxetina / Agressão Limite: Animais Idioma: Português Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Tese
...