Your browser doesn't support javascript.
loading
Efeitos da restriçäo de macronutrientes sobre o crescimento corporal e a histopatologia do sistema nervoso central de ratos jovens desnutridos intra-útero / Effects of macronutrients restriction on growth and central nervous system histopatology of rats with intrauterine malnutrition
Säo Paulo; s.n; 1999. 97 p.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-272388
Biblioteca responsável: BR1.2
Localização: BR1.2; 5454
RESUMO
Estudou-se os efeitos da restrição de macronutrientes sobre o crescimento do corpo e da cauda , o ganho ponderal e a histopatologia do sistema nervoso central em ratos "Wistar" submetidos a desnutrição intra-uterina - DU (desencadeada pela restrição de 30 por cento da quantidade de ração ofertada às ratas gestantes), recuperados durante a fase de lactação e alimentados após o desmame com ração comercial ou com ração purificada (AIN-93G). De acordo a história gestacional dos animais e a ração oferecida após o desmame, foram formados os seguintes grupos de animais eutróficos alimentados com ração comercial (EC) ou purificada (EP); desnutridos intra-útero recuperados alimentados com ração comercial (DC) ou purificada (DP), purificada com 50 por cento de restrição de carbohidratos (DRC), de proteínas (DRP) e de lipídios (DRL). Ao nascimento o peso corporal, o comprimento do corpo e da cauda não refletiram o agravo alimentar imposto à gestante. Aos 60 dias de vida, contudo, os resultados demonstram comprometimento das variáveis biométricas estudadas nos grupos com DU, ainda mais importante quando se associa à restrição protéica no período pós-desmame. Os resultados da avaliação histopatológica do sistema nervoso central dos animais desnutridos intra-útero, demonstram elevado grau de morte neuronal nos grupos DP, DRC e DRL e maior comprometimento das medidas da espessura do córtex sensitivo dos animais dos grupos DP, DRC, DRP e DRL e das do córtex motor dos animais dos grupos DP e DRC. Os resultados obtidos neste trabalho permitem as seguintes

conclusões:

I)A biometria, ao nascimento, não reflete os efeitos da DU, não se constituindo, portanto, em bom indicador do prognóstico da evolução do animal. 2) A DU compromete a evolução pós-natal do peso e comprimento corporais; e o faz de forma mais intensa quando associada à restrição protéica imposta após o desmame. 3) A DU ainda que insuficiente para alterar a biometria ao nascimento, está, no entanto, implicada no processo de morte neuronal. 4) A restrição protéica pós-desmame não implica em maior morte neuronal, pelo contrário, parece limitar as repercussões da DU neste processo. Este efeito deve ser melhor investigado, em função das implicações fisiopatológicas e sociais
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Insuficiência Placentária / Ratos / Composição Corporal / Prenhez / Sistema Nervoso Central Idioma: Português Ano de publicação: 1999 Tipo de documento: Tese

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Insuficiência Placentária / Ratos / Composição Corporal / Prenhez / Sistema Nervoso Central Idioma: Português Ano de publicação: 1999 Tipo de documento: Tese
...