Your browser doesn't support javascript.
loading
Benzodiazepínicos e cogniçäo: efeitos típicos e atípicos em voluntários normais / Benzodiazepines and cognition: typical and atypical effects in normal volunteers
Säo Paulo; s.n; 2000. 350 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-272633
Biblioteca responsável: BR1.2
Localização: BR1.2; 5988
RESUMO
O presente trabalho teve três objetivos- 1) caracterizar os efeitos cognitivos de um benzodiazepínico (BZs) com um perfil de efeitos "típico" para essa classe de drogas (flunitrazepam - F); 2) comparar a sensibilidade de testes a esses efeitos "típicos"; e 3) comparar os efeitos cognitivos de dois BZs com a mesma afinidade de ligação com os sítios de reconhecimento a BZs no receptor GABAA (potência); um deles caracterizado como tendo efeitos "típicos" e outro, "atípicos" (prejuízo de pré-ativação pelo BZ lorazepam,-L). O presente estudo foi de doses orais únicas, duplo-cego, em grupos independentes de tratamentos e envolveu a avaliação de 60 voluntários normais (30 homens), com idades entre 18 e 35 anos, aleatoriamente alocados a um de 5 tratamentos L, 2,0 mg; F, nas doses de O,6 mg, O,8 mg e 1,0 mg; e placebo. Os tratamentos utilizados para atingir os objetivos l e 2 foram placebo e as três doses de F. Para o objetivo 3, comparou-se placebo, L, e a dose de F (entre as 3 utilizadas) que mostrou efeitos cognitívos equiparáveis aos do L. No que se refere ao objetivo 1, o perfil de ação "típico" do flunitrazepam foi confirmado. Observaram-se a) amnésia anterógrada e prejuízos de funções psicomotoras e de atenção; b) alterações de desempenho em medidas de pré-ativação que foram atribuídas à contaminação de memória episódica; d) dentre as tarefas de memória operacional, houve somente diminuição na precisão das respostas num teste de avaliação da central executiva; e) ausência de prejuízo no aprendizado de uma tarefa motora; f) ausência de alterações na, memória para palavras aprendidas pós-tratamento quando nomes de categorias foram dados como pistas; f) alterações de humor condizentes com os efeitos clássicos de BZs, como sedação; g) aumento de latência e diminuição da amplitude de diversos Potenciais Evocados Auditivos Ligados a Eventos (ERPs), tal como o P3. Em relação ao objetivo 2, não foi possível estabelecer quais as características que determinam a sensibilidade dos testes aos efeitos de BZs. A sensibilidade não foi relacionada ao tipo de medida (objetivas ou não objetivas), tampouco ao tipo de função avaliada (como memória, desempenho psicomotor, humor). Determinou-se que as tarefas mais sensíveis para diferenciar efeitos do F (independentemente da dose) dos de placebo foram o DSST, as latências dos P3, e o teste de complementação de tríades (stems) com instrução de exclusão após codificação...(au)
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Ansiolíticos / Flunitrazepam / Lorazepam / Memória Idioma: Português Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Tese

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Ansiolíticos / Flunitrazepam / Lorazepam / Memória Idioma: Português Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Tese
...