Your browser doesn't support javascript.
loading
Estudo do índice do líquido amniótico em gestantes com hipertensäo arterial e sua relaçäo com a vitalidade feral e resultados perinatais / Amniotic fluid index study in hypertensive pregnents and its relationship with fetal well-being and perinatal outcome
Säo Paulo; s.n; 2000. 94 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-272634
Biblioteca responsável: BR1.2
Localização: BR1.2; 5989
RESUMO
A associação de hipertensão na gravidez faz-se acompanhar de elevado riscos matemos e fetais. O objetivo deste trabalho foi estudar o índice do líquido amniótico através da técnica ultra-sonográfica dos quatro quadrantes em gestante com hipertensão arterial e sua relação com a vitalidade fetal e resultados perinatais. Realizamos estudo prospectivo em cento e cinqüenta e uma pacientes. Os critérios de exclusão foram (1) doenças maternas outras que possam ser responsabilizadas por alterações no líquido amniótico e pressão arterial; (2) exposição a drogas; (3) infecções pré-natals-. (4) anomalias estruturais detectadas no feto ou no recém-nascido; (5) rotura prematura das membranas- (6) gemelidade; (7) perda de seguimento, ou seja, parto em outro serviço. As gestantes foram divididas em três grupos, de acordo com o resultado do índice do líquido amniótico grupo I, abaixo do percentil 2,5 (oligoidrâmnio); grupo 2, entre os percentis 2,5 e 5 (índice do líquido amniótico diminuído)- grupo 3, entre os percentis 5 e 95 (normal). Foram aplicados os testes do qui-quadrado (x2) para tabelas de contingência, com a finalidade de comparar os três grupos em relação às freqüências com que ocorreram as diversas características estudadas. Houve associação entre oligoidrâmnio e as alterações nos exames de avaliação da vitalidade fetal cardiotocografia anterparto ou intraparto e dopplervelocimetria da artéria umbilical. Encontrou-se relação entre oligoidrâmnio e os seguintes resultados perinatals adversospré-termo, peso ao nascimento inferior a 25Og; recém-nascidos pequenos para a idade gestacional; índice de Apgar menor que sete no primeiro minuto; morbidade perinatal; tempo de permanência no berçário maior ou igual a sete dias; líquido amniótico meconial; parto cesárea; parto cesárea por sofrimento fetal e sofrimento fetal anteparto ou intraparto. Os resultados demonstram que os fetos de gestantes hipertensas com associação de oligoidrâmnio são potencialmente susceptíveis à hipoxia, principalmente durante o período intraparto e tendem a apresentar sinais de asfixia após o nascimento
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.4: Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Líquido Amniótico / Hipertensão Idioma: Português Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Tese

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Meta 3.4: Reduzir as mortes prematuras devido doenças não transmissíveis Base de dados: LILACS Assunto principal: Líquido Amniótico / Hipertensão Idioma: Português Ano de publicação: 2000 Tipo de documento: Tese
...