Your browser doesn't support javascript.
loading
Organizaçäo do espaço e produçäo da leishmaniose tegumentar americana no município do Rio de Janeiro / Organization of the space and production of the leishmaniasis cutaneous in the municipal district of Rio de Janeiro
Rio de Janeiro; s.n; 1998. 131 p. ilus, mapas, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-300747
Biblioteca responsável: BR526.1
Localização: BR526.1; R616.9364, K22o
RESUMO
O aumento do número de casos e a persistência da transmissäo da leishmaniose tegumentar no município do Rio de Janeiro tem revelado distintos padröes de transmissäo da endemia. O primeiro surto de leishmaniose nesta cidade ocorreu em 1922 em localidades próximas ao reflorestado Parque Nacional da Tijuca área central da cidade onde, a partir de entäo, näo foram registrados outros casos da doença. Cinquenta anos mais tarde, em 1974, uma nova epidemia atingiu localidades de Jacarepaguá, bairro situado no maciço da Pedra Branca, Zona Oeste da cidade, onde ainda existem áreas com cobertura florestal e agricultura residual. Nos anos seguintes, novos surtos ocorreram nesta regiäo em outras localidades e bairros, também situados nas encostas e vales do maciço da Pedra Branca. Foram estudados 1168 casos de leishmaniose tegumentar registrados no município do Rio de Janeiro entre 1974 e 1988. A investigaçäo mostrou que a frequência da doença foi igual em ambos os sexos concentrando-se em menores de 20 anos de idade. Durante o período estudado observou-se a ocorrência de surtos epidêmicos restritos, descontínuos espacialmente, mas sequenciados e articulados pela dinâmica de valorizaçäo da terra urbana constituindo uma grande área endêmica de leishmaniose tegumentar. Foi utilizado o modelo de análise do processo de ocupaçäo e organizaçäo do espaço urbano na Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, considerando as novas funçöes adquiridas pelos elementos espaciais expressos através de diferentes relaçöes de trabalho, uso do solo e valor da terra. O movimento de urbanizaçäo criou as condiçöes necessárias à intensificaçäo da endemia em focos bem definidos, onde a mobilidade humana e o processo de trabalho possibilitaram maior contato entre indivíduos suscetíveis e vetores. A análise mostrou a presença de unidades espaciais com riscos diferenciados e identificou dois padröes de transmissäo o primeiro, no início do século XX, caracterizado por poucos doentes em algumas localidades, acometendo principalmente homens adultos. Superpondo-se a este, emerge um segundo padräo, atingindo homens, mulheres e crianças e, um número maior de casos dispersos em direçäo a muitas outras localidades, trazendo uma nova configuraçäo espacial da leishmaniose tegumentar na cidade do Rio de Janeiro.
Assuntos
Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Leishmaniose Tegumentar Difusa Idioma: Português Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Tese

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Buscar no Google
Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Leishmaniose Tegumentar Difusa Idioma: Português Ano de publicação: 1998 Tipo de documento: Tese
...