Your browser doesn't support javascript.
loading
Terapia intensiva neonatal e pediátrica no Rio de Janeiro: distribuição de leitos e análise de eqüidade / Neonatal and pediatric intensive care in Rio de Janeiro: distribution of beds and analysis of equity
Barbosa, Arnaldo Prata; Cunha, Antônio José Ledo Alves da; Carvalho, Edimilson Ramos Migowski de; Portella, Andréa Ferreira; Andrade, Miriam Perez Figueiredo de; Barbosa, Maria Clara de Magalhães.
Afiliação
  • Barbosa, Arnaldo Prata; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira. Rio de Janeiro. BR
  • Cunha, Antônio José Ledo Alves da; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira. Rio de Janeiro. BR
  • Carvalho, Edimilson Ramos Migowski de; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira. Rio de Janeiro. BR
  • Portella, Andréa Ferreira; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira. Rio de Janeiro. BR
  • Andrade, Miriam Perez Figueiredo de; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira. Rio de Janeiro. BR
  • Barbosa, Maria Clara de Magalhães; Universidade Federal do Rio de Janeiro. Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira. Rio de Janeiro. BR
Rev. Assoc. Med. Bras. (1992) ; 48(4): 303-311, out.-dez. 2002. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-330493
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO

OBJETIVOS:

Identificar as UTIs pediátricas do Rio de Janeiro, número de leitos, distribuiçäo geográfica, natureza pública ou privada, tipo de atendimento e de hospital, estudar a demanda da populaçäo e elaborar propostas de melhoria na eqüidade.

MÉTODOS:

Foram visitadas todas as UTIs do Estado, de julho de 97 a junho de 98, levantado o número de leitos e tempo médio de permanência. Com essas informaçöes e dados do IBGE, estabeleceu-se a necessidade de leitos e a comparaçäo entre oferta e demanda por regiöes, formulando-se propostas de melhoria na eqüidade.

RESULTADOS:

Foram identificadas 80 UTIs (excluídas seis), totalizando 1.080 leitos; 60 por cento intensivos e 40 por cento semi-intensivos; 57 por cento públicos e 43 por cento privados; 52 por cento em UTIs neonatais exclusivas, 14 por cento em pediátricas e 34 por cento em mistas (65 por cento leitos neonatais), totalizando 791 leitos neonatais (73 por cento). A maioria das UTIs (75 por cento) situava-se em hospitais gerais, 20 por cento em maternidades ou hospitais materno-infantis e somente 5 por cento eram centros universitários; a maioria na regiäo metropolitana (89 por cento), com 93 por cento dos leitos para 74 por cento da populaçäo infantil, dos quais a maioria na cidade do Rio de Janeiro (76 por cento), com 73 por cento dos leitos para 37 por cento da populaçäo, enquanto que no interior existem apenas oito unidades (11 por cento) e 79 leitos (7 por cento) para 26 por cento da populaçäo.

CONCLUSÖES:

Näo há eqüidade na distribuiçäo e no acesso aos leitos disponíveis, com carência no setor público e excesso no privado, grande concentraçäo na regiäo metropolitana e somente 5 por cento das UTIs em hospitais universitários, propondo-se medidas de redistribuiçäo e alocaçäo de novos leitos em regiöes mais carentes, associada à criaçäo de uma central de vagas e sistema eficiente de transporte e referência
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 1: Acesso equitativo aos serviços de saúde / Objetivo 11 Desigualdades e iniquidades na saúde / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde Base de dados: LILACS Assunto principal: Unidades de Terapia Intensiva Neonatal / Terapia Intensiva Neonatal / Acesso aos Serviços de Saúde / Número de Leitos em Hospital Limite: Adolescente / Criança / Criança, pré-escolar / Humanos / Lactente / Recém-Nascido País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992) Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Contexto em Saúde: Agenda de Saúde Sustentável para as Américas / ODS3 - Saúde e Bem-Estar Tema em saúde: Objetivo 1: Acesso equitativo aos serviços de saúde / Objetivo 11 Desigualdades e iniquidades na saúde / Meta 3.8 Atingir a cobertura universal de saúde Base de dados: LILACS Assunto principal: Unidades de Terapia Intensiva Neonatal / Terapia Intensiva Neonatal / Acesso aos Serviços de Saúde / Número de Leitos em Hospital Limite: Adolescente / Criança / Criança, pré-escolar / Humanos / Lactente / Recém-Nascido País/Região como assunto: América do Sul / Brasil Idioma: Português Revista: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992) Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Rio de Janeiro/BR
...