Your browser doesn't support javascript.
loading
Tratamento de nódulos autônomos e císticos da tireóide com injeção intranodular de etanol / Treatment of autonomous and cystic thyroid nodules with intranodular ethanol injection
Braga-Basaria, Milena; Trippia, Marcus Adriano; Stolf, Anderson Ravy; Mesa Júnior, Cléo; Graf, Hans.
Afiliação
  • Braga-Basaria, Milena; Universidade Federal do Paraná. Hospital de Clínicas. Serviço de Endocrinologia e Metabologia. Curitiba. BR
  • Trippia, Marcus Adriano; Universidade Federal do Paraná. Hospital de Clínicas. Serviço de Endocrinologia e Metabologia. Curitiba. BR
  • Stolf, Anderson Ravy; Universidade Federal do Paraná. Hospital de Clínicas. Serviço de Endocrinologia e Metabologia. Curitiba. BR
  • Mesa Júnior, Cléo; Universidade Federal do Paraná. Hospital de Clínicas. Serviço de Endocrinologia e Metabologia. Curitiba. BR
  • Graf, Hans; Universidade Federal do Paraná. Hospital de Clínicas. Serviço de Endocrinologia e Metabologia. Curitiba. BR
Rev. Assoc. Med. Bras. (1992) ; 48(4): 335-340, out.-dez. 2002. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-330498
Biblioteca responsável: BR1.1
RESUMO
O tratamento com injeçäo intranodular de etanol vem sendo utilizado há uma década como modalidade terapêutica eficaz no manejo de pacientes com nódulos da tireóide. Diversos estudos validaram o papel desta forma de tratamento em nódulos autônomos, císticos e, mais recentemente, nódulos frios benignos.

OBJETIVO:

Avaliar a efetividade da injeçäo intranodular de etanol no tratamento de nódulos císticos e autônomos da tireóide.

MÉTODOS:

42 pacientes (26 pacientes com nódulos císticos e 16 com nódulos autônomos da tireóide) foram submetidos a tratamento com aplicaçäo intranodular de etanol a 99 por cento, guiada por ultra-sonografia e acompanhados por um período mínimo de seis meses.

RESULTADOS:

Näo observamos a ocorrência de complicaçöes maiores durante ou após o tratamento, porém, na maioria dos casos, houve queixa de dor de leve a moderada intensidade e/ou desconforto após a aplicaçäo do etanol. A maioria dos nódulos apresentou reduçäo volumétrica significativa. A média de reduçäo obtida para os nódulos autônomos foi de 50,3 por cento e para os nódulos císticos, 69,3 por cento. Näo houve diferença significativa entre os valores basais de T3 total, T4 total e TSH em comparaçäo aos valores obtidos seis meses após o tratamento para o grupo de pacientes com nódulos císticos. O grupo de pacientes com nódulos autônomos apresentou reduçäo nos valores séricos de T3 total e T4 total, assim como elevaçäo dos níveis de TSH, confirmando a efetividade do tratamento.

CONCLUSÄO:

A injeçäo intranodular de etanol é uma alternativa segura e eficaz no tratamento de nódulos autônomos e císticos da tireóide
Assuntos
Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Escleroterapia / Nódulo da Glândula Tireoide / Etanol Limite: Adolescente / Adulto / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992) Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Paraná/BR

Similares

MEDLINE

...
LILACS

LIS

Texto completo: Disponível Coleções: Bases de dados internacionais Base de dados: LILACS Assunto principal: Escleroterapia / Nódulo da Glândula Tireoide / Etanol Limite: Adolescente / Adulto / Feminino / Humanos / Masculino Idioma: Português Revista: Rev. Assoc. Med. Bras. (1992) Assunto da revista: Medicina Ano de publicação: 2002 Tipo de documento: Artigo País de afiliação: Brasil Instituição/País de afiliação: Universidade Federal do Paraná/BR
...